Confira o balanço completo da Anfavea (Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores)
Divulgação
Confira o balanço completo da Anfavea (Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores)

A produção automotiva nacional cresceu 2,6% em outubro com a reativação de fábricas que estavam paradas, mas a elevação segue abaixo da média deste período em outros anos. Isso porque as fabricantes costumam intensificar a produção em outubro para abastecer as concessionárias e aproveitar a alta procura do fim do ano.

Com a falta de componentes eletrônicos , o crescimento de outubro de 2021 sobre setembro foi tímido. Na comparação com outubro do ano passado, a queda foi de 24,8% na produção. Os dados fazem parte do balanço mensal da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores).

"Os esforços das áreas de compras, logística e manufatura das montadoras merecem todos os elogios, mas infelizmente a demanda reprimida, somada ao tradicional aquecimento de fim de ano, poderá não ser atendida pela oferta", diz Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea.

Ao todo, 177,9 mil veículos foram produzidos e 162,4 mil foram emplacados em outubro. Na comparação com setembro, a alta nos emplacamentos foi de 4,7%, enquanto na comparação com outubro de 2020, a queda foi de 24,5%. Trata-se do pior resultado para o mês nos últimos cinco anos.

Leia Também

A Anfavea também repercute a exportação de 29,8 mil veículos, que representam alta de 26,1% sobre setembro e queda de 14,6% sobre outubro do ano passado. Mais de 241 mil veículos foram exportados no acumulado do ano. 

Apesar do fechamento das fábricas da Ford em janeiro, a Anfavea comemora 1.402 novas vagas de emprego no setor ao longo de 2021. Ao todo, o ramo emprega 102.625 pessoas no Brasil. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários