LiveWire One é a primeira moto elétrica da Harley-Davidson que terá US$ 400 milhões em investimentos
Divulgação
LiveWire One é a primeira moto elétrica da Harley-Davidson que terá US$ 400 milhões em investimentos

Por meio da parceria entre a Harley-Davidson e Kymco, fabricante taiwanesa de scooteres elétricos, a marca LiveWire recebe um investimento para a fabricação de suas motos elétricas.

O negócio será financiado com U$$ 400 milhões,  dinheiro mantido pela AEA-Bridges Impact Corp, um investimento de U$$ 100 milhões da Harley-Davidson e um investimento de U$$ 100 milhões da KYMCO por meio de um acordo de investimento privado em capital público (PIPE). As ações na nova empresa devem ser listadas na Bolsa de Valores de Nova York.

O propósito da tradicional fabricante de motos americana é tornar-se a LiveWire a primeira marca de motocicletas elétricas de capital aberto dos EUA. A H-D transformou a LiveWire em uma empresa separada no ano passado, mudança que, segundo eles, daria à marca a autonomia de que precisa.

Parte dessa estratégia será a autonomia da LiveWire como, por exemplo, o desenvolvimento dos trens de força elétricos para H-D e Kymco , já que a Kymco está investindo U$$ 100 milhões e é bem provável que a LiveWire forneça o motor para as superbikes SuperNex e RevoNex da Kymco e supernaked .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários