Os 283 motoristas autuados por recusa ao teste do bafômetro serão multados, cada um no valor de R$ 2.934,70.
Divulgação
Os 283 motoristas autuados por recusa ao teste do bafômetro serão multados, cada um no valor de R$ 2.934,70.

Um levantamento feito Departamento Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo (Detran.SP) mostrou que 92,8% das multas aplicadas em dezembro de 2021 durante fiscalizações da Operação Direção Segura Integrada (ODSI) foram dadas a motoristas que se recusaram a fazer o teste do etilômetro (bafômetro).

De acordo com o departamento, de um total de 305 multas registradas , 283 envolveram esse tipo de infração e 4 foram enquadradas em crime de trânsito, quando o condutor apresenta mais de 0,34% miligramas de álcool por litro de ar expelido.

Entre o feriado de Natal e Ano Novo, dias 22 e 29 de dezembro, foram feitas duas operações especiais na capital paulista. Dos 426 veículos fiscalizados , 32 condutores (7,5%) foram multados por embriaguez ao volante ou por se recusarem a fazer o teste do bafômetro.

Os 283 motoristas autuados por recusa ao teste do bafômetro serão multados, cada um no valor de R$ 2.934,70 e responderão a processo de suspensão da carteira de habilitação. No caso de reincidência no período de 12 meses a pena será aplicada em dobro, ou seja, R$ 5.869,40 , além da cassação da CNH.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários