Novo Toyota RAV4 2023 será modernizado para reforçar seu apelo
Divulgação
Novo Toyota RAV4 2023 será modernizado para reforçar seu apelo

O Toyota RAV4 surge com a atualização de visual que chegará à linha 2023. O site japonês  Creative Trend ilustra, com essa revelação, a proximidade do modelo com mercados da Ásia e da Oceania, que irão receber a novidade antes de outros continentes e países (como é o caso do Brasil). Além do visual, contará também com painel de instrumentos 100% digital e um novo software para o multimídia. Será revelado até setembro no Japão.

O painel de instrumentos de 12,3 polegadas equipará as versões mais caras do Toyota, de modo a substituir a antiga tela de 7 polegadas, que era padrão anteriormente. A tela de 4,2” entre os mostradores analógicos, por sua vez, foi trocada por um novo display de 7”, desde as versões mais básicas do Toyota RAV4 .

Como se não bastasse, a nova central multimídia de 10,5 polegadas — outra prestes a chegar — também é muito aguardada. Esse equipamento vem de modelos da Toyota do Japão e do Lexus NX . Além da nova interface, e GPS nativo, o sistema mais recente deve ter ainda conexão Wi-Fi nativa e os sistemas de espelhamento e conectividade com smartphones. Isso poderia significar o fim das centrais de 8 e 9 polegadas atuais.

Entre os demais itens previstos, estão um porta HDMI, sistema de frenagem de emergência automática atualizado com suporte para cruzamentos e motocicletas, piloto automático adaptativo aprimorado e um sistema que faz o carro parar caso o motorista deixe de responder ao volante.

Apesar de todas as mudanças, o motor deverá seguir o mesmo do atual. Consiste em um sistema híbrido , com o combustão de quatro cilindros 2.5 de 178 cv e 22,5 kgfm, combinado a outros três motores elétricos que rendem 120 cv e 20,6 kgfm. Com isso, a potência combinada chega a 222 cv. O câmbio é automático CVT e a tração integral. No Japão há ainda o motor 2.5 a gasolina de 205 cv com câmbio automático de 8 marchas e tração dianteira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários