Kymco Agility era uma alternativa às scooteres Neo da Yamaha, e a NMax, da Honda
Divulgação
Kymco Agility era uma alternativa às scooteres Neo da Yamaha, e a NMax, da Honda

Apesar do sucesso crescente do segmento dos scooteres no Brasil, chega a notícia de que a Kymco deixará de oferecer a scooter Agility 16+ 200i ABS agora no mês de março. A informação veio de forma oficial do representante da marca JTZ. O motivo foi o tímido volume de emplacamentos no acumulado de 2021, de apenas 110 unidades.

"Gostariamos de tranquilizar todos os clientes e consumidores, pois a rede autorizada da marca continuará a atender as demandas do modelo, com fornecimento de peças e manutenções", diz a JTZ no comunicado. Sem a moto de entrada da Kymco , sobraram as motos de maior cilindrada. Entre elas, a People GTi 300 , Downtown 300i ABS e AK 550i. Com isso, a outra marca do grupo, a Haojue, passa a ser a única a focar seus esforços nas motos de baixa cilindrada.

Kymco Agility 200i apostava no visual esportivo, com linhas modernas, bem como na boa ergonomia
Divulgação
Kymco Agility 200i apostava no visual esportivo, com linhas modernas, bem como na boa ergonomia

Aproveite os últimos instantes em que ela ainda aparece no site da marca, por R$ 15.250 sem contar o frete. Vale lembrar que a Agility não é uma moto de 200 cc, e sim, de 163 cc, queimando apenas gasolina, com arrefecimento a ar, e 12,5 cv com 1,3 kgfm. Aos que ainda podem se interessar por ela, oferece sistema de freio ABS e câmbio CVT.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários