BYD Han é o modelo elétrico que compatibiliza com o recém lançado SUV TAN
Divulgação
BYD Han é o modelo elétrico que compatibiliza com o recém lançado SUV TAN

A BYD Brasil vai fazer um novo lançamento no Brasil. Após o SUV Tan EV, a empresa confirma o sedã elétrico Han EV, com data marcada para sua apresentação em abril e comercialização a partir do segundo semestre. 

Assim, o sedã elétrico Han EV , lançado originalmente na China em julho de 2020, já acumula mais de 170 mil unidades vendidas. Com isso, é o modelo de maior volume da marca no mundo. Ainda expandindo a rede no Brasil, a marca acaba de anunciar a nomeação do grupo Águia Branca para os estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

A Eurobike foi a primeira concessionária nomeada pela BYD Brasil e deve inaugurar em breve, na capital paulista. No segundo semestre, abre outras duas concessionárias nas cidades de Ribeirão Preto (SP) e Brasília (DF).

Já o grupo Servopa representará a marca de carros elétricos BYD em Curitiba, com inauguração prevista para junho. Além da capital paranaense, a empresa estará presente também nas cidades de Londrina e Maringá (PR). Para Porto Alegre, foi nomeado o tradicional grupo IESA, que também atuará nas cidades de Caxias do Sul e Passo Fundo (RS).

Assim, a marca BYD já tem presença confirmada em alguns dos mercados mais expressivos do país, com concessionárias nomeadas em cinco estados e 14 cidades. O objetivo da empresa é continuar a expansão da rede e chegar a 45 cidades do território nacional até o final deste ano.

Leia Também

Leia Também

Leia Também

“A BYD Brasil continua com sua meta ousada de mercado e confirmou a chegada do Han EV para o segundo semestre deste ano. Aliás, as novidades não param por aí. Temos a intenção de trazer dois modelos híbridos para o mesmo período”, destaca Henrique Antunes, diretor de Vendas da empresa.

Segundo o executivo, os novos lançamentos que estão previstos para serem realizados ainda este ano são o sedã Qin Plus DM-i e o SUV Song Plus DM-i. O primeiro vendeu 25.500 unidades somente em janeiro de 2022 e conquistou a quinta colocação entre todos os sedãs vendidos no primeiro mês no mercado chinês.

Ambos trazem a tecnologia Super Hybrid DM-i, que oferece dois motores, híbrido e à combustão. Isso faz com que o baixo consumo de combustível seja um dos destaques do veículo. Os modelos são híbridos do tipo plug-in, que podem ser recarregados em tomadas residenciais.

BYD Qin Plus que a redação do iG Carros flagrou no interior de São Paulo
Guilherme Menezes/ iG Carros
BYD Qin Plus que a redação do iG Carros flagrou no interior de São Paulo

“A tecnologia híbrida DM-i é uma obra prima. Oferece uma maior redução no consumo de combustível, mais aceleração, viagens mais suaves e silenciosas, e, claro, energia elétrica mais amigável ao ambiente”, acrescenta Antunes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários