Chevrolet Onix Joy e Joy Plus fizeram sucesso no Brasil, enquanto ainda se chamavam Onix e Prisma
Divulgação
Chevrolet Onix Joy e Joy Plus fizeram sucesso no Brasil, enquanto ainda se chamavam Onix e Prisma

A General Motors anunciou um investimento de US$ 50 milhões (R$ 232 milhões) para modernizar sua linha de montagem na Colômbia. No meio desse processo, a produção do Joy/Joy Plus está saindo do Brasil para começar a ser fabricado no país vizinho. Com a virada do ano, o modelo já havia deixado de ser oferecido no Brasil.

De acordo com a declaração oficial da GM Colômbia, a montagem local dos Chevrolet Joy e Joy Plus (sedã) terá início em 2023, com o objetivo de atingir uma média anual de 35.000 unidades fabricadas, das quais 30% serão destinadas ao mercado local e 70% serão exportadas para Equador, Peru e Argentina. Hoje, ainda saem da planta do ABC.

“Este projeto demonstra o compromisso da GM com a Colômbia por 66 anos. Esperamos com esta iniciativa seguir contribuindo para a recuperação do país, assim como a geração de emprego qualificado e bem remunerado”, afirmou Santiago Chamorro, presidente da General Motors para a América do Sul.

No Brasil, a GM tinha as vendas diretas como foco para a linha Joy . O Joy custava R$ 65.860, logo antes do fim de sua linha, enquanto a geração atual do Onix estava por R$ 71.390 no mesmo período. Ou seja, o que faz a compra do mais antigo compensar é quando se é uma empresa, pois o Onix é um carro bem mais novo e atende muito melhor o consumidor.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários