Ford2 Cord 810 de 1936, de Fernando Leibele, foi um dos premiados como
Divulgação
Ford2 Cord 810 de 1936, de Fernando Leibele, foi um dos premiados como "Best in Show National 2022"

Considerado o maior encontro de veículos antigos do Brasil, a emoção deu o tom no retorno da sétima edição do EBAA (Encontro Brasileiro de Autos Antigos) que aconteceu em Águas de Lindoia, no interior de São Paulo.


Após um hiato de dois anos, a sétima edição, ocorrida entre os dias 21 e 24 de abril reuniu mais de 400 mil pessoas durante todos os dias e mais de 800 veículos expostos no jardim da Praça Adhemar de Barros, puderam disputar a premiação.

Entre os diversos modelos disputando o prêmio de destaque, havia várias raridades de clássicos , originais, restaurados, hot rods , streets e gigantes caminhões antigos, entre outras preciosidades.


Dessa maneira, a noite foi marcada por muita emoção com uma série de homenagens a personalidades do mundo do antigomobilismo , desfile dos veículos e um jantar de confraternização.

Um dos homenageados, o colecionador Dante Forestieri, com mais de 40 anos dedicados ao carro antigo, chegou em um Dodge Brother 1929 e recebeu um troféu pelos anos dedicado ao antigomobilismo.

Os premiados foram anunciados um a um, entrando em uma espécie de passarela com tapete vermelho , onde as estrelas foram as máquinas. No vídeo abaixo, aparece um dos modelos mais curiosos do evento, o carro anfíbio Schwimmwagen.

Leia Também


“Cada ano é uma emoção diferente e estar com os amigos aqui nessa noite, poder premiar esses carros e abraçar as pessoas é indescritível, toda a família EBAA está muito feliz e já pensando na próxima edição em 2023 ”, comentou Junior Abonante, um dos organizadores do encontro.

O clube destaque da sétima edição do EBAA foi o Alfa Romeu Clube . Na categoria Galaxie Clube , o vencedor foi João Caetano de Melo com um Galaxie 500 -- 1970 . Na categoria distância percorrida o troféu foi para Norman Santos que veio de Vitória (ES) em seu Ford 1932, percorrendo entre ida e volta, mais de 2 mil quilômetros.

Na Batalha dos Construtores quem levou a melhor foi a equipe Ogros Garage com o projeto Ford F1 1951 . Entre os veículos da categoria Tributo, destaque para o Fusca Telesp, de Odil Porto, que arrancou muitos aplausos, principalmente dos mais nostálgicos.

No “Best in Show Nacional 2022” , o vencedor foi Léo Steinbruch com um Alfa Romeu Furia, nas categorias “Best in Show”, pré-guerra e pós-guerra, os vencedores foram um Ford Cord 810 de 1936 de Fernando Leibele e um Plymountth Superbird 1970 de Juliano Gonçalves.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários