Ferrari F300 (Chassi 187) Michael Schumacher: A era do piloto alemão na Ferrari é o maior case dentro da F1
RM Sotheby's
Ferrari F300 (Chassi 187) Michael Schumacher: A era do piloto alemão na Ferrari é o maior case dentro da F1

O carro de Fórmula 1 de Michael Schumacher — com um recorde invicto — está indo a leilão com a  RM Sotheby's.  O monoposto F300 foi pilotado pelo heptacampeão durante a temporada de 1998, quando perdeu para Mika Häkkinen, da McLaren.

Equipado com o motor V-10 de 3,0 litros de 800 cv, o F300 e apresentava vários refinamentos em relação aos seus antecessores, incluindo o escapamento ‘periscópio’,  projetado para afastar o calor da caixa de câmbio sequencial de 7 velocidades. Isso sem falar das entradas de ar esculpidas.

O exemplar de chassis 187  venceu todas as quatro corridas em que foi inscrito, como a do Grande Prêmio do Canadá, Grande Prêmio da França, Grande Prêmio da Grã-Bretanha e Grande Prêmio da Itália. Como se não bastasse, de acordo com a RM Sotheby's, é o único F1 a correr pelo menos três corridas e vencer todas as corridas em que participou.

Além de suas quatro vitórias no chassi 187 , Schumacher conquistou mais duas vitórias na Argentina e na Hungria, em 1998. Seu companheiro de equipe Eddie Irvine não venceu naquela temporada. A Ferrari manteve o chassi 187 até setembro de 1999, quando foi vendido ao seu proprietário anterior, que o manteve por 23 anos.

A RM Sotheby's não listou uma estimativa pré-leilão, mas outro F300 (chassi 189) foi listado no início deste ano na DuPont Registry por US$ 4,9 milhões (R$ 26,7 milhões em conversão simples ). O leilão está programado para cruzar o quarteirão da casa de leilões em Monterey, Califórnia, de 18 a 20 de agosto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários