Tamanho do texto

Com o barateamento da tecnologia, o câmbio automático é um item cada vez mais presente nos carros populares. Veja alguns dados sobre a realidade

O novo Ford Ka foi um dos populares a receber o câmbio automático, no fim do ano passado
Divulgação
O novo Ford Ka foi um dos populares a receber o câmbio automático, no fim do ano passado

Neste ano, pela primeira vez na história, o mercado brasileiro consumirá mais carros com câmbio automático do que os manuais. Essa é uma das várias conclusões do estudo Automotive Brasil 2030, feito pela consultoria brasileira Bright Consulting. A marcha dos automáticos, com o perdão do trocadilho, vem aumentando a cada ano. Em 2015 eles eram 34% do mix nacional. Em 2017 superaram a barreira dos 40% (chegaram a 43%), até bater em 49% no ano passado. Logo, 2019 será o ano da virada.

LEIA MAIS: Marcas chinesas dobram aposta para 2019. Veja o que está por trás dos planos

VW T-Cross, um dos principais lançamentos de 2019, terá câmbio automático de 6 marchas
Divulgação
VW T-Cross, um dos principais lançamentos de 2019, terá câmbio automático de 6 marchas

A inclusão de opções com câmbio automático em modelos compactos na faixa de R$ 50 mil está sendo decisiva nessa virada para os modelos sem pedal de embreagem. E a tendência é que apenas os carros mais baratos, voltados para frotistas, mantenham opção de câmbio manual nos próximos anos, de acordo com a Bright Consuilting.

LEIA MAIS: Chegou a vez dos “velhinhos”! Não dos carros, mas dos motoristas acima dos 60 anos de idade

Chevrolet Prisma e Onix são outros dois a receberem o câmbio automático. Quando somado ao My Link, torna-se imbatível
Divulgação
Chevrolet Prisma e Onix são outros dois a receberem o câmbio automático. Quando somado ao My Link, torna-se imbatível

Com a atual onda de automação da condução veicular, e também da conectividade, nada mais natural que cada vez menos pessoas queiram ficar manuseando o câmbio, sobretudo no trânsito pesado. Essa virada para o câmbio automático terá impacto em breve até na forma como se aprende a dirigir e na habilitação de motoristas.

LEIA MAIS: Dupla VW Polo e Virtus recupera imagem da marca e projeta a busca pela liderança

O câmbio automático conquista espaço entre os populares

Praticidade e conforto são os maiores atrativos do câmbio automático, principalmente em cidades cheias de tráfego intenso
Divulgação
Praticidade e conforto são os maiores atrativos do câmbio automático, principalmente em cidades cheias de tráfego intenso

De olho no aumento da procura pelos carros automáticos, as fabricantes lançam versões mais em conta. O melhor exemplo disso é o Volkswagen Gol, ganhou uma versão automática, no segundo semestre de 2018. Já é possível andar de carro zero por aí, sem trocar de marcha, a partir de R$ 57 mil. A tendência é que cada vez menos pessoas das novas gerações saiba lidar com alavanca de câmbio manual e pedal de embreagem. Como, por sinal, já ocorre há muito tempo nos Estados Unidos, o que se reflete no número de vendas dos carros automáticos .

LEIA MAIS: Algumas marcas dependem de seu carro-chefe de vendas. E isso nem sempre é bom, veja o porquê

Nos EUA, há carros manuais com o passo a passo para usá-lo. Cortesia da popularização do câmbio automático
Divulgação
Nos EUA, há carros manuais com o passo a passo para usá-lo. Cortesia da popularização do câmbio automático

A proposta de uma CNH exclusiva para dirigir carros com câmbio automático foi aprovada em dezembro por uma comissão do Congresso Nacional, mas ainda deverá ser analisada pela Comissão de Constituição e Justiça. Caso seja aprovada, pessoas com esse tipo de CNH poderão ser multadas se estiverem dirigindo um carro manual . Talvez com infração gravíssima e retenção temporária do veículo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas