Tamanho do texto

Japão já exigirá esse equipamento em veículos novos em 2020, enquanto os países europeus o farão em 2022

O sistema de freios automáticos será um dos itens que passarão a ser obrigatórios nos carros em uma série de países
Divulgação
O sistema de freios automáticos será um dos itens que passarão a ser obrigatórios nos carros em uma série de países

Quarenta países liderados pelo Japão e pela União Européia concordaram em exigir que carros novos e veículos comerciais leves sejam equipados com sistemas automatizados de frenagem a partir do próximo ano, afirmou uma agência da ONU à agência AP. A regulamentação exigirá que todos os veículos vendidos sejam equipados com a tecnologia de freios automáticos, através da qual os sensores monitoram a proximidade de outro veículo, pedestre, objeto ou animal na pista.

LEIA MAIS: Vendas de automáticos no Brasil vão superar as de manuais em 2019

O Japão já exigirá esse equipamento em veículos novos em 2020, enquanto os países europeus o farão em 2022. Estados Unidos e China não participaram deste acordo. No Brasil, o decreto Rota 2030 incluiu os freios automáticos em seu mapeamento de itens de segurança obrigatórios, mas o Denatran ainda não regulamentou a data de sua exigência. Tudo indica que eles só serão obrigatórios a partir da segunda metade da próxima década.

Mais detalhes dos freios automáticos

Com freios automáticos, os carros passarão a ser mais seguros e os riscos de acidentes por distração deverão diminuir
Divulgação
Com freios automáticos, os carros passarão a ser mais seguros e os riscos de acidentes por distração deverão diminuir

O sistema pode disparar os freios automaticamente se uma colisão for considerada iminente e se o motorista não estiver configurado para responder a tempo. A medida será aplicada a veículos em velocidades inferiores a 60 km/h, e afeta somente carros novos vendidos nos mercados dos países signatários.

LEIA MAIS: Custo Brasil, Lucro Brasil, Risco Brasil... Por que nossos carros são tão caros?

Os Estados Unidos, a China e a Índia são membros do fórum da ONU que adotou as novas regulamentações. No entanto, eles não participaram das negociações porque querem garantir que suas regulamentações nacionais tenham precedência sobre as regras da ONU quando se trata da indústria automobilística .

Em 2016, 20 montadoras chegaram a um acordo com o governo dos EUA para colocaros freios automáticos em todos os veículos novos até setembro de 2022, mas a adesão é voluntária, de acordo com a AP.

LEIA MAIS: Pesquisa mostra que, em 2030, híbridos e elétricos terão até 30% do mercado


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.