Ford Kuga vermelho
Divulgação
O Kuga híbrido é um elegante SUV médio da nova geração da Ford para o mercado europeu

A Ford divulga seu programa de lançamento de veículos eletrificados na Europa, prometendo  oito modelos nos próximos meses e outros nove produzidos até 2024. A montadora estima vender 1 milhão/ano de híbridos e elétricos, superando o volume dos modelos convencionais movidos a gasolina e diesel. A nova gama de veículos certamente mudaria a atual imagem da marca no Brasil.

LEIA MAIS:  City K-ZE, primo do Kwid, chega como opção de SUV elétrico de baixo custo

“Com a eletrificação rapidamente se tornando a corrente principal de mercado, estamos aumentando substancialmente o número de modelos eletrificados”, disse o presidente da Ford na Europa, Stuart Rowley. O portfólio da montadora inclui  versões híbrida e híbrida plug-in da perua Mondeo, tradicional no mercado europeu. Outro modelo renovado é o Kuga Hybrid, um elegante SUV médio de nova geração, que tem previsão de vir para o mercado brasileiro.

Sucesso na Europa, a perua Mondeo Hybrid Plug-in foi totalmente reformulada e mostra que este segmento ainda tem forte presença na Europa. Na linha de utilitários esportivos de grande porte, a montadora vai lançar o Explorer Hybrid Plug-in, que foi totalmente reformulado e agora acomoda até sete pessoas.

Entre os comerciais híbridos, destaque para o Torneo, com versōes furgão e van de passageiros, que pode levar até oito pessoas. O modelo associa um motor a gasolina turbo 1.0 a outro elétrico alimentado por bateria de íons de lítio de 13,5 kWh. O Torneo pode rodar no modo 100% elétrico por até 50 quilômetros e usa o motor a combustão como recarregador da bateria para ampliar o alcance até 500 km.

Ford Torneo cinza
Divulgação
O nome Puma do anos 1990 volta a ser usado num crossover moderno que será o sucessor do EcoSport na Europa

A van Torneo é um modelo que pode rodar no modo 100% elétrico por até 50 km e usa o motor à combustão para recarregar a bateria. Há ainda para o próximo ano a previsão de chegada de um inédito SUV totalmente elétrico. Inspirado no Mustang , o modelo será destinado ao mercado de luxo, segmento em que vem acontecendo os principais lançamentos de carros elétricos. O modelo da Ford terá um alcance específico de 600 km, motor elétrico de 700 cv de potência e capacidade de carregamento rápido.

LEIA MAIS: Smart inicia nova era, com novos carros e apenas motores elétricos

A volta do Puma 

A montadora confirmou ainda o lançamento do novo crossover compacto Puma híbrido plug-in. O nome já foi usado pela marca num pequeno cupê vendido na Europa de 1997 a 2002.  Equipado com o motor 1.0 turbo chamado EcoBoost e outro elétrico, o Puma 2020 aproveita a plataforma B da Ford e vai ser sucessor do EcoSport que parou de ser vendido naquele mercado.

Ford, Puma, SUV
Divulgação
O nome Puma do anos 1990 volta a ser usado num crossover moderno que será o sucessor do EcoSport na Europa

O nome Puma do anos 1990 volta a ser usado num crossover moderno que será o sucessor do EcoSport na Europa.  O Ford Puma é mais espaçoso do que o EcoSport, especialmente no porta-malas. São 456 litros de volume que podem ser atingidos graças a um sistema de assoalho modular.

Curiosidade: havia um fabricante brasileiro independente que produziu um veículo esportivo chamado Puma entre as décadas 1960 e 1990. Hoje esse modelo é objeto de desejo de muitos colecionadores locais. Essa empresa nacional tem o domínio do nome Puma no nosso País.

Ford “enxuta”

O plano da Ford vai além de modernizar seus produtos e tirar seu atraso em veículos híbridos, híbridos plug-in e elétricos. Ela realiza uma ampla reestruturação de sua divisão europeia para tornar a operação mais enxuta, competitiva e lucrativa.  A empresa disse recentemente que cortará 12.000 empregos até o final de 2020. 

LEIA MAIS:  Conheça a Polestar, marca de híbridos e elétricos com o DNA da Volvo

Ford Modeo branco
Divulgação
Sucesso na Europa, a perua Mondeo Hybrid Plug-in foi totalmente reformulada e mostra que este segmento ainda tem forte presença na Europa

Na sua nova fase europeia no mundo dos híbridos elétricos, a Ford anunciou que terá  parcerias com fornecedores de energia na Europa para instalar caixas de recarga domésticas e fornecer tarifas de energia verde.  Também vai criar um aplicativo para ajudar os motoristas a localizar mais facilmente os mais de 118.000 pontos de recarga elétrica  em 30 países. Sem dúvida, são objetivos ousados da  Ford que se espera que cheguem também ao Brasil.

    Veja Também

      Mostrar mais