A eletrificação da frota de veiculos comerciais é decisiva no continente europeu para atingir a meta do Acordo Climático de Paris. Por isso, as grandes montadoras da Europa estão apresentando seus caminhões eletrificados. Neste cenário a Daimler-Benz e Scania, dois dos maiores fabricantes do mundo, acabam de anunciar seus novos produtos para este mercado.

A Daimler Trucks, divisão de caminhões comerciais da Mercedes-Benz , revelou o eActros LongHaul, um novo caminhão elétrico de longo alcance. Este veiculo será incorporado à linha que já tem modelos como o eCascadia, caminhão semi-elétrico, e o eActros, caminhão elétrico urbano de curto e médio alcances.

eActros
Divulgação
A Daimler-Benz apresentou os protótipos de sua nova linha de seus caminhões elétricos e movido a hidrogênio

O novo eActros LongHaul terá uma autonomia de cerca de 500 km. A produção em série começa em 2024. Junto com o novo modelo elétrico a bateria, a Daimler também mostrou o Mercedes-Benz GenH2, um caminhão movido a hidrogênio composto por células de combustível, com um alcance de até 1.000 quilômetros.

Mercedes-Benz eActros Longhaul
Divulgação
Mercedes-Benz eActros Longhaul

O Mercedes-Benz eActros longHaul está previsto para 2024 no segmento de caminhões pesados

Segundo a empresa, os veículos comerciais elétricos da marca já registraram mundialmente mais de sete milhões de quilômetros em testes e em programas especiais rodagem com frotistas. Como parte de sua estratégia de eletrificação, a montadora planeja oferecer veículos elétricos em todas as principais regiões de vendas até 2022 com os modelos Mercedes-Benz eCanter e eActros nos segmentos leves e médios, além da sua marca norte-americana Freightiner com os caminhões eM2 e eCascadia nos segmentos de semi e pesados.

O modelo eActros elétrico já se encontra em testes reais para o lançamento em 2022

Scania Electric
Divulgação
Scania Electric

A Scania também apresentou sua nova linha de veículos comerciais elétrico e híbrido plug-in das séries L e P. O modelo totalmente elétrico destina-se a aplicações urbanas, como a distribuição varejista. A autonomia é de até 250 km com uma única carga.

O Scania 100% elétrico está equipado com com um motor de 230 kW, equivalente a 310 cv. Ele vem com a opção de cinco baterias para um total de 165 kWh ou de nove baterias para 300 kWh de capacidade instalada. O tempo de carregamento é de cerca de 55 minutos para a opção de cinco baterias e de 100 minutos para a opção de nove, considerando meia carga elétrica.

Scania Hybrid
Divulgação
Os caminhões Scania 100% elétrico destina-se a aplicações urbanas, com um alcance de 250 km com uma carga

O caminhão Scania híbrido plug-in é destinado para o uso em longas distâncias combinando o modo de motor a combustão e modo elétrico, este até uma distância de 60 km.O trem de força conjunto tem potência de 280 ou 360 cv, conforme as opções de bateria.

Ele é equipado com três baterias para uma capacidade instalada de 90 kWh para o motor elétrico de 115 kW. O tempo de carregamento de zero a 80 por cento é de aproximadamente 35 minutos, além de carregar por meio de energia de frenagem regenerativa com o veículo em movimento.

A Scania ressalta que continuará desenvolvendo veículos eletrificados para todas as aplicações de curta, média e longa distâncias e para o segmento da construção. “Sabemos que muitos motoristas serão atraídos para um sistema de transportes sustentáveis com esses caminhões do futuro”, diz a empresa.

    Veja Também

      Mostrar mais