Ford E-Transit
Divulgação
A Ford está investindo US$ 100 milhões para a produção exclusiva da E-Transit, sua van de última geração


A Ford revelou esta semana nos Estados Unidos a E-Transit, versão elétrica de sua versátil van. Em paralelo, na América do Sul, a filial da região anunciou que vai produzir a Transit no Uruguai, em 2021, terceirizada com a empresa Nordex, mas não informou qual será o modelo ou suas especificações.


No mercado norte-americano, a Ford vai investir US$ 100 milhões na sua fábrica da cidade de Kansas, no centro-oeste do país. Ela diz que começa a vender a  E-Transit em 2021 com preço abaixo de US$ 45 mil.

A Ford dos Estados Unidos confirmou que a E-Transit estará disponível com "uma escolha de três alturas de teto e três comprimentos de carroceria, bem como nas versões furgão,, chassi cortado e chassi com cabine. As diferentes configurações oferecem capacidades de carga útil entre 1.450 e 1.700 kg.


A versão de entrada estará equipada com uma bateria com capacidade útil de 67 kWh.m O seu alcance é de 202 km no modelo configurado com uma carga de teto baixo. A bateria alimenta um motor elétrico de 198 kW (266 cv).

A van E-Transit será capaz de carregar rapidamente DC (corrente alternada) em mais de 115 kW. A montadora credita que adiciona “aproximadamente 48 km de alcance em 10 minutos e aproximadamente 73 km de alcance em 15 minutos”.

A Ford também está enfatizando os recursos de conectividade da E-Transit, que vem com um “modem 4G” como um recurso padrão. Traz a tecnologia de comunicação e entretenimento SYNC para veículos comerciais de última a geração. Possui uma tela de toque de 12 polegadas, além de funcionar com reconhecimento de voz e ter navegação em nuvem.

Possui controle para o pré-condicionamento do veículo como, por exemplo, otimizar as temperaturas da cabine. Também estão disponíveis tecnologia para o gerenciamento de frota. “A transição de veículos para frota de emissão zero é prioridade especialmente para o segmento de entrega urbano que tem um crescimento acelerado”, afirma a empresa.

Produção no Uruguai

Ford E-Transit
Divulgação
A linha E-Transit traz três versões com comprimentos de carroceria diversos


A Ford e a Nordex investirão conjuntamente US$ 50 milhões no Uruguai. O veículo será vendido em toda a América do Sul. Segundo a Ford, “a Nordex tem mais de 50 anos de experiência na produção de caminhões pesados e automóveis”.

A Ford Transit já foi vendida no Brasil importada da Turquia e descontinuada há alguns anos. Tem um presença global com mais de 10 milhões de unidades produzidas. Nos últimos cinco anos, a Ford Transit tem sido o veículo comercial mais vendido na Europa.

Sobre a E-Transit , a Ford ressalta que a van elétrica trará grandes vantagem aos clientes e será bom para o planeta. “Temos um objetivo de atingir nossa meta de neutralidade de carbono até 2050” afirma Jim Farley presidente mundial da Ford.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários