A Mercedes-Benz divulgou uma ilustração que mostra a nova linha de vans elétricas com plataforma exclusiva
Divulgação
A Mercedes-Benz divulgou uma ilustração que mostra a nova linha de vans elétricas com plataforma exclusiva


A Mercedes-Benz anunciou que terá uma nova geração da van elétrica eSprinter, um das linhas de veículos de transporte mais famosa do mundo. A montadora já vende na Europa um modelo único dessa van desde 2018, mas agora ela será construída em uma nova plataforma exclusiva com mais versões: eGlocery Transporter, Flatbed Truck, People Move e Ambulance.


Atualmente, a eSprinter está equipada com uma bateria com capacidade de 55 kWh para uma autonomia estimada de 150 quilômetros com uma carga útil máxima de 900 kg. Há também uma segunda opção de bateria com uma capacidade de 41 kWh que permite que a carga útil seja aumentada em cerca de 140 kg, totalizando para um total de 1040 kg com um alcance de cerca de 115 km.

Segundo a Mercedes-Benz estas configurações são adequadas para o uso urbano. Entretanto, a montadora afirma que a estrutura da próxima geração da van elétrica permitirá mais opções de potência e autonomia.

A montadora alemã já oferece uma Sprinter elétrica desde 2018, em versão única derivada do modelo convencional a combustão
Divulgação
A montadora alemã já oferece uma Sprinter elétrica desde 2018, em versão única derivada do modelo convencional a combustão


Você viu?

"A Mercedes-Benz Vans está acelerando seu caminho para a eletrificação total e disponibilizará todas as suas gamas de modelos com um sistema avançado elétrico a bateria. O foco é na confiabilidade, qualidade e custo total", diz a empresa.

Chamada de "Plataforma de Versatilidade Elétrica", ela destina-se ao segmento de vans de grande porte. Trata-se de uma base cujos elementos centrais são três módulos para maior flexibilidade no desenvolvimento e design de diferentes tipos de carrocerias, até agora só disponíveis com motores de combustão.

A montadora alemã ainda não deu maiores detalhes sobre as novas especificações da van. Apenas confirma que ela vai ser habilitada para veículos desde transporte em geral até ambulâncias.


O investimento será de US$ 350 milhões para lançar a nova versão da van elétrica no mercado. "A próxima geração eSprinter nos permitirá disponibilizar muito mais variantes de carroceria ao mesmo tempo que ofereceremos as vantagens de acionamento elétrico livre de emissões", ressalta Marcus Breitschwerdt, chefe do setor de vans da marca.

A Mercedes-Benz  Sprinter convencional, já vendida no Brasil, tem muita fama na área de transportes há mais de 35 anos. Com novos recursos de eletrificação, a eSprinter combinará o melhor de dois mundos: experiência no setor com as vantagens da eletromobilidade.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários