Tamanho do texto

Frankfurt sempre foi um dos maiores eventos automotivos do mundo, com montadoras investindo muito dinheiro para antecipar o futuro sobre rodas

Salão de Frankfurt arrow-options
Newspress
Salão de Frankfurt 2019: O conceito de mobilidade urbana nunca foi tão evidente quanto o que se viu na Alemanha

Os veículos elétricos e híbridos foram as estrelas principais do Salão de Frankfurt 2019. Promoveu estreias de veículos elétricos importantes, como o primeiro veículo elétrico de produção em série da Porsche, o Taycan, e o hatchback movido a bateria de grande volume da Volkswagen, o ID3. Um dos lançamentos elétricos mais esperados no evento foi o do Volkswagen ID 3.

LEIA MAIS: Toyota Corolla é o primeiro híbrido nacional. Confira detalhes no vídeo

No Salão de Frankfurt 2019 , a Volkswagen descreve o ID3 como o carro elétrico para todos, explicando que o “3” significa o terceiro capítulo da marca, depois do Carocha e do Golf.
O ID3 é o primeiro a usar a plataforma MEB, uma base que pode assumir várias dimensões e vários modelos e que será a base de todos os carros elétricos a produzir produzidos pelo grupo VW nas próximas décadas.

O ID3 será oferecido com três tamanhos de bateria e duas potências. O motor elétrico montado na traseira tem 150 ou 203 CV e as baterias têm 45, 58 e 77 kWh. A bateria com 45 kWh com o motor de 190 CV tem 328 km de autonomia. Já a bateria de 58 e 77 kWh, ligada ao moto de 203 CV tem autonomia de 416 e 546 km. A capacidade de recarga de 100 kW estará disponível em alguns modelos com a promessa de autonomia de 248 km com 30 minutos de carregamento.

LEIA MAIS: Híbrido Volvo S60 chega para brigar com BMW, Mercedes e Audi

No interior, o painel de instrumentos é limpo e simples, destacando-se a tela de 10 polegadas centralizada que abriga todos os sistemas, sendo que o carro recebe atualizações pela internet. Mas as estrelas do Salão de Frankfurt deste ano não foram apenas os carros híbridos e elétricos pequenos ou esportivos. Por lá também esteve um grandalhão. O Land River Defender plug-in.

Já a Audi mostrou o seu conceito de veículo AI: Trail irá um veículo off-road elétrico do futuro. O AI: Trail é o quarto conceito de veículos elétricos da Audi que mostra como a direção autônoma remodelará o transporte nos próximos 10 anos. A Audi também estreou o A1 Citycarver, uma versão no estilo SUV de seu hatchback subcompacto com distância ao solo aumentada em cerca de 40 mm para facilitar a entrada e melhor visibilidade.

Uma versão de desempenho RS6 do Audi A6 com um motor V-8 híbrido também esteve no salão, liderando o que a Audi descreve como uma nova onda de produtos RS. Um deles é o novo RS7.

A BMW tem muitos modelos de produção lançandos no salão, incluindo o novo hatchback da série 1 com tração dianteira, o mais recente SUV X6 grande com estilo de cupê grande e a versão station wagon do modelo médio de 3 séries. A versão Gran Coupe de quatro portas da série 8 também foi exibida. Além disso, a BMW também revelou a nova série 4, que é a versão cupê das últimas 3 séries. Os visitantes do show puderam dar uma primeira olhada no conceito de supercarro híbrido Vision M Next.

A Ford também apresentou toda uma linha de carros elétricos e híbridos, a começar pelo novo SUV médio Kuga, primeiro Ford a oferecer a opção de versões híbridas leve, total e plug-in;
O novo Explorer Hybrid Plug-In, SUV de sete lugares, combinando a propulsão elétrica com a autonomia e liberdade de um motor a combustão tradicional.

E o crossover compacto Puma EcoBoost Hybrid, inspirado em SUVs, um híbrido leve com tecnologia sofisticada para a redução de emissões e do consumo de combustível, exibido pela primeira vez na versão Titanium X.

LEIA MAIS: Sandero, Logan e Stepway. Como são estes Renault, com câmbio automático CVT

Os japoneses também estão adiantados em carros eficientes. A Honda mostrou o pequeno Honda-e, acentuando design, conectividade e inovações, como as câmeras no lugar dos espelhos das portas. O interior do Honda-e é dominado por cinco telas que atravessam o painel, incluindo duas telas de informações de 12,3 polegadas e duas telas adicionais exibindo um feed das câmeras voltadas para a parte traseira, que substituem os espelhos laterais. O minicarro tem autonomia de até 220 km.

Os coreanos também não querem ficar para trás na eletrificação dos automóveis. O novo minicar i10 tem uma aparência mais esportiva para atingir um público mais jovem. A tecnologia disponível inclui o aplicativo Bluelink da Hyundai para se conectar remotamente ao carro. A Hyundai é uma das poucas marcas comprometidas com os minicars.

Supercarros

Lamborghini Sián arrow-options
Newspress
Lamborghini Sián: Supercarro terá apenas 63 unidades produzidas é um dos mais velozes da marca

E quem falou que os superesportivos não podem ser eficientes energeticamente ? O Lamborghini Sian foi apresentado com avançada tecnologia híbrida leve do fabricante de supercarros que combina desempenho e economia. O Sian de 819 cv é o modelo mais poderoso da Lamborghini. O motor V-12 de 785 cv do Sian é impulsionado por 34 cv a partir de um motor elétrico para fornecer o total de 819 cv. O carro acelera de 0 a 100 km / h em menos de 2,8 segundos e tem uma velocidade máxima de mais de 350 km / h.

E quem não se lembra do Land Rover Defender , que chegou a ser fabricado no Brasil. Agora o Defender renasce depois que a geração anterior do ícone off-road robusto saiu de linha em 2016, encerrando uma produção de 67 anos. O novo modelo empresta dicas de design do Defender original, mas será muito mais confortável e voltado para a família. Os motores incluirão o novo diesel de seis cilindros da Jaguar Land Rover, bem como uma opção híbrida plug-in acoplada a um motor a gasolina de quatro cilindros. E já está programado para chegar ao Brasil no ano que vem.

A Mini levou para o salão o seu primeiro carro elétrico , o Mini Electric. O carro tem um alcance de 200 a 232 km. Usa uma bateria de 32,6 kWh. O Mini Electric acelera de 0 a 100 km / h em 7,3 segundos. A velocidade máxima é limitada a 150 km / h. A potência máxima é de 184 cavalos. O Mini Electric é baseado no Mini hatchback de três portas. A Mercedes-Benz apresentou um conceito de sedã de luxo totalmente elétrico que visualiza um modelo a bateria, o Vision EQS .

LEIA MAIS: Veja vídeo do VW Golf GTE, o híbrido esportivo que chega em novembro

Com seu design inovador, o VISION EQS leva a filosofia de design Progressive Luxury dos modelos EQ da Mercedes-Benz para uma nova dimensão. Recursos técnicos, como as rodas de raios múltiplos de 24 polegadas, que formam uma contra-peça em forma de joia para as linhas corporais fluidas do VISION EQS, enfatizam o caráter luxuoso do carro.

Mini arrow-options
Newspress
Com alma britânica e coração alemão, o Mini Cooper elétrico exibe tecnologias de última geração

Assim como as luzes traseiras, que pela primeira vez são perfeitamente integradas ao corpo. Com 229 estrelas individuais de LED, elas mostram uma abordagem completamente nova para a aplicação do logotipo da marca.

A atenção no estande da Opel foi focada no novo subcompacto elétrico Corsa -e. Tem autonomia de 330 km antes que a bateria de 50 kWh precise ser recarregada. A família de modelos Corsa usa a mesma plataforma que o Peugeot 208 e vem com controle de cruzeiro adaptável e luzes de LED.

A Porsche espera que a vanguarda de sua nova estratégia de eletrificação, o sedan Taycan movido a bateria , ajude a montadora a suplantar a Tesla no topo do mercado de veículos elétricos de luxo. A versão principal do Turbo S pode gerar até 761 cavalos e o Taycan Turbo até 680 cavalos. A velocidade máxima de ambos os modelos com tração nas quatro rodas é de 260 km / h. É primeiro veículo de produção com um sistema elétrico de 800 volts, o dobro do encontrado na maioria dos carros elétricos.

LEIA MAIS: Toro 2020 quer continuar liderando o mercado

O novo SUV Captur da Renault fez sua estreia em Frankfurt. O último Captur se tornou maior e tem um interior mais sofisticado para atrair um grupo mais amplo de compradores, em uma tentativa de manter o primeiro lugar no pequeno segmento de crossover / SUV da Europa. O Captur também será o primeiro Renault a oferecer um sistema de transmissão híbrido plug-in.

A Seat mostrou o Cupra Tavascan, um carro totalmente elétrico com o conceito de crossover. É alimentado por dois motores elétricos - um no eixo dianteiro e outro no eixo traseiro. O Tavascan tem uma produção total de 225 quilowatts (306 cv) e acelera de 0 a 100 km / h em menos de 6,5 segundos. O primeiro carro elétrico da Skoda , o Citigo -e iV, faz sua estreia no Salão de Frankfurt 2019 . O minicarro usa uma bateria de 37 kWh, e tem bom espaço para os passageiros.