Honda CB arrow-options
Divulgação
A Honda CB 500F tem tocada esportiva, com melhor estabilidade em piso asfaltado

Entre as poucas novidades mostradas no Salão Duas Rodas, no fim do ano passado, estavam as duas representantes da família Honda CB 500 , a F e a X. E só agora as motocicletas estão disponíveis ao público. A família já foi maior, quando ainda havia a versão esportiva e carenada, a CBR 500R, descontinuada para concentrar a “esportividade” da marca na família CB 650, que também traz novidades a serem verificadas no próximo mês.

LEIA MAIS: Uma noite custom da Harley-Davidson; confira a galeria de imagens

As modificações em relação à versão anterior da CB 500, que foi apresentada no final de 2017, não são muitas, tanto na naked CB 500F quanto na crossover CB 500X. A mais importante delas foi a substituição da roda dianteira de 17 polegadas por uma maior, de 19 polegadas, aumentando a disposição aventureira do modelo.

CB arrow-options
Divulgação
A beleza é um dos atributos das motocicletas da família CB 500

A Honda CB 500F continua com o visual agressivo das naked, com sutil alteração nas linhas dos componentes estéticos, como é o caso dos espelhos retrovisores. O guidão também é novo, chamado de cônico por ter a parte central, que vai fixada na mesa superior, de maior diâmetro que as extremidades.

O painel de instrumentos é novo, agora chamado de blackout, por ter o fundo preto. Foram introduzidos no novo painel eletrônico o indicador de marchas e o shift-light ajustável, luz branca que indica o momento mais adequado para a troca de marchas.

LEIA MAIS: Um passeio de Harley-Davidson pelo sul da Espanha

O motor continua o bicilíndrico de 471 cm3, com potência de 50,4 cv e torque de 4,55 kgf, mesmo passando por uma leve modificação nos comandos de válvulas e na caixa do filtro de ar. A embreagem agora é deslizante, o tanque de combustível foi aumentado para 17,1 litros e a luz de freio passa a ter  sinal de emergência, que acende os piscas em frenagens muito fortes.

CB arrow-options
Divulgação
A Honda CB 500X tem roda dianteira de 19”, mais adequada ao fora de estrada

Mais alterações recebeu a Honda CB 500X. Além das mesmas novidades da naked, como painel blackout, novos espelhos e guidão, luz de freio com sinal de emergência e embreagem deslizante, a crossover ganhou um para-brisa 11 cm mais alto e importantes melhorias na ciclística, visando maior interação do modelo com o fora de estrada.

A roda dianteira de 19 polegadas de diâmetro agora salta aos olhos e, aliada ao maior curso das suspensões – 150 mm na dianteira, antes 140 mm, e 135 mm na traseira, antes 118 mm –, deixou a X mais adequada a uma eventual incursão no fora de estrada.

Essa alteração certamente modificou a percepção na tocada de asfalto, já que a roda maior exige maior empenho do piloto em curvas fechadas e mais rápidas, porém facilitou bastante a superação de obstáculos em pisos irregulares.

Durante dois dias, pude conferir o desempenho das novas CB 500 pelas recortadas estradas da região montanhosa de Campos do Jordão. E o veredicto foi o esperado, a CB 500F continua exemplar em termos de estabilidade e maneabilidade em curvas e a CB 500X ficou um pouco mais pesada em curvas de alta, porém nada preocupante.

Honda CB arrow-options
Divulgação
O para-brisa da CB 500X está agora 11 cm mais alto

LEIA MAIS: Twins, mas nem tanto

Ambas fornecem boas respostas a quem se dispuser a abrir o gás com mais vontade, já que a potência vem melhor lá em cima, mas em baixos regimes, no “passeio”, também é possível curtir a suavidade desse conjunto mecânico. Logicamente a CB 500X oferece uma posição de pilotagem mais confortável e relaxada que a CB 500F, mas aí está justamente a graça de escolher uma versão mais compatível com seu gosto e suas necessidades.

A Honda CB 500X custa R$ 28.900 e a Honda CB 500F custa R$ 26.900.

    Veja Também

      Mostrar mais