Harley-Davidson arrow-options
Divulgação
Harley-Davidson Street XG 750 se mostrou valente nos trechos de terra afastados da cidade com pneus próprios para uso off-road

O destino de um dos dias do Triple S, grande evento de conhecimento de produtos que a Harley-Davidson organizou no sul da Espanha para 180 felizardos jornalistas, era um acampamento afastado da cidade, ao lado de uma montanha na qual foi criada uma pista para hill climb .

LEIA MAIS:  Um passeio de Harley-Davidson pelo sul da Espanha

Após um almoço com cardápio recheado de comidas típicas da região de Cala de Mijas, onde se situava aquele acampamento, cada um de nós teria seis tentativas de subir a montanha, contra o cronômetro.

A expectativa era grande, principalmente depois que um dos pilotos do time da Harley-Davidson fez sua demonstração e tudo parecia ser muito fácil. Mas como se entender com uma motocicleta desconhecida, que foi projetada para o asfalto, em uma subida de terra, cheia de erosões?

A motocicleta em questão é a Harley-Davidson Street XG 750, modelo urbano de entrada no line-up norte-americano e europeu, situada abaixo da família Sportster, porém indisponível no mercado brasileiro. A família Street foi um dos “S” do Triple S, que juntou também as famílias Sportster e Softail.

LEIA MAIS: Um passeio pelo sul da Califórnia. De Harley

Para se adequar ao fora de estrada, as Street ganharam pneus de cravos, para-lama dianteiro alto, protetores de manetes e number-plate, mas perderam o farol dianteiro e a sua carenagem, o painel de instrumentos, os espelhos, o para-lama traseiro e uma parte do escapamento. E na transmissão secundária a correia dentada foi substituída por uma corrente.

A Harley-Davidson Street XG 750 utiliza o motor V2 a 60º de 749 cm 3 refrigerado a água da família Revolution X (derivado do motor da antiga V- Rod), com quatro válvulas por cilindro e torque de 6 kgfm. O câmbio é de seis marchas.

Subindo a montanha com a Harley-Davidson

Harley-Davidson arrow-options
Divulgação
Harley-Davidson Street XG750 antes do início da subida de montanha na Espanha durante evento da marca americana

Depois de ver a demonstração do instrutor, subir a montanha parecia fácil. E depois que subi pela primeira vez, me pareceu ainda mais fácil. Só que a parte difícil é fazer a mesma coisa de forma muito rápida. Na comparação dos tempos, achei até que, com minhas mais cinco tentativas, logo estaria bastante craque. Mas não. Uma hora a erosão me mandava pra fora da pista, outra hora eu escolhia a trilha errada para subir, o fato é que precisaria de uma tarde inteira para pegar todos os macetes. Mas valeu a brincadeira.

Do pouco que consegui sentir da motocicleta , ela me pareceu bastante na mão, leve e de fácil controle. O motor ronca suave mas conta com a força necessária para um bom desempenho. E a posição de pilotagem me agradou bastante. Pena não poder experimentar uma standard pelas ruas e estradas.

A Harley-Davidson Street XG 750 foi lançada mundialmente em 2015, mas nunca chegou ao Brasil, apesar de ter sido projetada para mercado emergentes como o nosso. Na Europa, a motocicleta tem preço a partir de 6.175 libras, na Inglaterra, e 7.500 euros, em Portugal. Nos Estados Unidos, parte de US$ 7.600.

LEIA MAIS: Conheça detalhes da Harley-Davidson CVO Road Glide

Com preço muito próximo ao da Harley-Davidson Sportster, ela poderia não ser bem aceita por aqui, mas, mesmo tendo pilotado muito pouco a Street, e com uma versão adaptada e em uma pista de terra, posso dizer que a escolheria no lugar da Sportster.

    Veja Também

      Mostrar mais