Tamanho do texto

Confira os principais destaques positivos e negativos do utilitário da marca sul-coreana, que tem preços entre R$ 114.990 e R$ 153.990

A coluna desta semana abre espaço para o carro importado mais vendido no Brasil: Kia Sportage 2019. Até o mês de julho - segundo os dados Abeifa, associação que representa 16 fabricantes de veículos -, foram emplacadas 3.430 unidades do SUV da marca sul-coreana, que tem preços entre R$ 114.990 e R$ 153.990 e é, sim, uma boa opção de compra no mercado. Isso, porém, não o exime de algumas críticas, como você verá no vídeo de avaliação.

LEIA MAIS: Dez coisas que você precisa saber sobre o Peugeot 3008

Em todas as versões, o Kia Sportage 2019 traz motor 2.0 flex de até 167 cv e 20,2 kgfm, combinado com câmbio automático de seis marchas. Como comparação, o propulsor 1.0 turbo de até 128 cv que equipa o Volkswagen Virtus entrega 20,4 kgfm. O torque modesto em conjunto com o peso de 1.710 kg faz do Kia um modelo discreto para acelerações e retomadas de velocidade, principalmente se a cabine estiver cheia.

O consumo de combustível também não empolga, ainda que o carro disponha de modo de condução econômica. Abastecido com etanol, o Sportage faz 6 km/l na cidade e 7,5 km/l na estrada. Os dados são do Inmetro. Quer saber quanto o computador de bordo registrou de média na semana em que estive com o Kia? Não registrou, pois infelizmente não disponibiliza esse dado, encontrado em qualquer outro SUV deste segmento.

LEIA MAIS: Fiat Cronos 1.3 Drive: por quê você deve comprar este sedã?

Desempenho a parte, é preciso ressaltar o bom casamento entre propulsor e transmissão. As trocas de marchas são suaves e quase imperceptíveis, com opção de mudanças sequenciais por aletas atrás do volante ou pela manopla. Ergonomia e conforto são outros pontos fortes do Sportage, que dispõe de suspensões independentes nos dois eixos. A posição de dirigir bastante elevada e a ausência de pontos cegos tornam a condução do veículo ainda mais agradável. Uma pena que o isolamento acústico da cabine não seja tão eficaz e a direção elétrica, leve e pouco responsiva em altas velocidades.

Nível de carro alemão

Kia Sportage 2019 é o carro mais vendido da fabricante coreana no Brasil atualmente
Divulgação
Kia Sportage 2019 é o carro mais vendido da fabricante coreana no Brasil atualmente

O nível de acabamento do importado mais vendido do país lembra o de modelos alemães, com detalhes de aço escovado e partes de toque macio. Entre os itens de conforto e comodidade da versão avaliada que briga com o Compass , tabelada em R$ 143.990, há volante multifuncional com regulagem de altura e profundidade, bancos de couro com ajustes elétricos para motorista e passageiro da frente, central multimídia com tela sensível ao toque que permite o espelhamento de smartphones, botão de partida do motor, chave presencial, ar-condicionado digital de duas zonas, teto solar panorâmico, sensores de estacionamento, airbags frontais, laterais e de cortina, câmera de ré, além de controle de tração e de estabilidade.

LEIA MAIS: Conheça o VW Tiguan Allspace R-Line em detalhes

As pedaleiras cromadas e a saudação que o quadro de instrumentos faz ao motorista quando se entra no carro merecem elogios. Já a ausência de vidros elétricos com a função um toque em todas as janelas (só há na do condutor) e o freio de estacionamento por pedal vão para a lista de críticas. Quer saber outros positivos e negativos do Kia Sportage 2019 ? Então aperte o play para assistir ao vídeo!

Escreva para coluna De Carona com Leandro no Youtube ou no Instagram .