Tamanho do texto

Modelo começa a ser vendido a partir de R$ 47.690 com motor 1.0, de três cilindros, e uma série de ajustes e equipamentos exclusivos

Ford Ka Trail
Divulgação
Ford Ka Trail

A onda favorável aos modelos com apelo aventureiro ainda não passou e a Ford lança o Ka Trail como uma opção do hatch para quem sempre acaba pegando algum trecho de terra com alguns obstáculos leves pelo caminho. O carro recebeu algumas modificações na suspensão, pneus de uso misto, entre outras mudanças em relação à versão SE, na qual é baseada. Além disso, recebeu novos detalhes no visual, que incluem rodas de aro 15 pintadas de cinza escuro brilhante e adesivos decorativos na carroceria, inclusive as faixas laranjas nas laterais para ajudar a notar que a distância livre do solo aumentou.

LEIA MAIS: Ford Fiesta brasileiro terá apenas o desenho da nova geração. Saiba detalhes

Por R$ 47.690, o Ford Ka Trail  chega com um pacote de equipamentos que tem itens como rack no teto, molduras plásticas nas caixas de roda, lanternas fumês, aplique no para-choque traseiro, faróis de máscara negra e faróis auxiliares com moldura preta texturizada. Por dentro, fazem parte dos itens exclusivos os bancos de couro sintético com centro de tecido impermeabilizado e elásticos de três cores nas laterais, pedais de alumínio, tapetes de costura laranja e soleiras nas portas. Há também ajuste de altura do volante, suporte para encaixar o celular "My Ford Dock" com entradas USB e auxiliar, entre outros equipamentos.

Primeiras impressões ao dirigir

Para mostrar a sua pegada aventureira, o Ka ganhou uma suspensão com novas molas e amortecedores, barra estabilizadora de maior diâmetro, coxim do motor hidráulico (para reduzir as vibrações) pneus Pirelli ATR de uso misto (50% off-road),  encosto do banco traseiro bipatido, bem como direção elétrica e freios recalibrados. O resultado, na prática, agrada, pelo o que notamos durante as primeiras impressões ao dirigir o carro, que ficou com distância livre do solo 31 mm mais alta que a versão SE. Fica mais fácil passar por obstáculos urbanos, como valetas e lombadas, sem correr o risco de raspar a parte de baixo do para-choque dianteiro. Além disso, enfrentar o asfalto irregular ficou mais confortável pela maior capacidade de absorção da suspensão.

LEIA MAIS:  Novo Ford Fiesta ee revelada na Europa e terá versão com apelo aventureiro

Como a ideia do Ka Trail é custar em torno de R$ 10 mil a menos que os principais hatches compactos concorrentes de maior cilindrada, entre os quais Hyundai HB20X 1.6 , GM Onix Activ 1.4 e Renault Stepway 1.6, a Ford vai oferecer o motor 1.0, de três cilindros, como padrão. Quem quiser o 1.5 Sigma terá que arcar com um custo adicional de R$ 4.300, o que fará o preço final do carro chegar nos R$ 51.990. Entretanto, o bom motor de um litro consegue dar conta no recado no dia a dia do trânsito com certa economia de combustível e baixo nível de ruído. Diz a fabricante que o carro consegue fazer 12,5 km/l na cidade e 14,3 km/l na estrada com apenas gasolina no tanque, nada mau.

Ainda no que foi possível notar no breve período que dirigimos o carro, os novos ajustes da suspensão não prejudicaram a estabilidade nas curvas e o conjunto mecânico bem acertado acaba tornando o Ka Trail um carro agradável de guiar, com bom fôlego do motor e câmbio com relações bem escalonadas e engates fáceis e precisos. A posição de dirigir também é elogiável, sem ser alta demais, como costuma acontecer com os modelos com apelo aventureiro. Bom também é que a direção elétrica é leve nas manobras e vai ficando mais firme conforme o aumento de velocidade. Conforme os números da fabricante, o carro com motor 1.0 pode atingir 166 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em 13,9 segundos. 

Estratégia de mercado

Durante a apresentação do carro, a Ford explicou que trabalha com preços de revisões com preço fixo e que o custo total até os 30 mil quilômetros fica em R$ 1.040. Além disso, oferece um plano de proteção, que inclui o custos de manutenção básica do carro, cujo valor pode ser embutido no financiamento. Esse plano pode incluir até a quinta revisão, dos 50 mil quilômetros. 

Além disso, a Ford vai oferecer uma linha de acessórios originais que inclui itens como espelho retrovisor eletrocrômico com câmera de ré, sensores de estacionamento e de ponto cego, geladeira portátil, rede organizadora no porta-malas e até cadeirinha para levar o cachorro. 

LEIA MAIS: Ford Focus Fastback mostra tempero esportivo e sofisticado. Veja avaliação

Ficha Técnica

Preço:  a partir de  R$ 47.690

Motor: 1.0, três cilindros em linha,  flex

Potência: 80 cv (G)/ 85 cv (E) a 6.500 rpm

Torque: 10,2 (G) / 10,7 cv (E) a 4.500 rpm

Transmissão: Manual, cinco marchas, tração dianteira

Suspensão: Independente, McPherson (dianteira)/ eixo de torção (traseira)

Freios: Discos ventilados (dianteiros) / tambores (traseiros)

Pneus: 185/65 R15

Dimensões: 3,86 m (comprimento) / 1,70 m (largura) / 1,53 m (altura), 2,49 m (entre-eixos)

Tanque : 51,6 litros

Porta-malas: 257 litros

Consumo (gasolina): 12,5 km/l (cidade) / 14,3 km/l (estrada) 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.