Tamanho do texto

Nas lojas em abril, subcompacto torna-se o 1.0 mais econômico do Brasil. Confira todas as versões, preços, informações e o que muda na linha 2018

Além de ficar com uma linha mais enxuta, o Fiat Mobi 2018 passa a contar com a versão com câmbio automatizado
Divulgação/Fiat-Chrysler Automóveis
Além de ficar com uma linha mais enxuta, o Fiat Mobi 2018 passa a contar com a versão com câmbio automatizado

O Fiat Mobi tem menos de um ano e já passa por uma grande mudança. Em uma tacada só, a marca aproveita o lançamento da linha 2018 para reduz a quantidade de versões do subcompacto e incluir a configuração Drive GSR, a primeira a combinar o câmbio automatizado GSR-Comfort ao motor 1.0 Firefly, de três cilindros. Essa revolução na oferta do Mobi também altera seus preços, que agora vão de R$ 33.700 na configuração Easy, até R$ 44.780 cobrados pelo Drive GSR.

LEIA MAIS: Fiat Mobi chega ao México mais em conta que no Brasil e com 7 anos de garantia

Antes de falar do automatizado, vamos ver o que mudou no Fiat Mobi 2018 . Antes era composta pelas versões Easy, Easy On, Like, Like On, Way, Way On e Drive. Agora, a Fiat matou as configurações com sobrenome On, reduzindo de sete para cinco modelos do subcompacto: Easy, Like, Way, Drive e Drive GSR. Na teoria, a gama ficou mais enxuta e ficaria mais fácil para o cliente escolher como quer o seu carro.

Só que não é bem assim. Apenas retiraram os equipamentos que eram exclusivos das versões On e os transformaram em pacotes de equipamentos opcionais. Pior ainda, perderam alguns itens que já eram oferecidos nas versões comuns. O modelo Easy, por exemplo, não tem mais pré-disposição para sistema de som, limpador traseiro e desembaçador de vidro traseiro, que passam a integrar o Kit Funcional, vendido por R$ 1.890.

Essas mudanças nas versões e na lista de equipamentos de cada configuração mexe também no posicionamento de cada modelo dentro da gama. O Mobi Drive, antes oferecido na posição intermediária, agora é a versão topo de linha entre os que usam câmbio manual de cinco marchas. Acima dele está apenas o Drive GSR, R$ 4.130 mais caro pela adição da caixa automatizada. O aventureiro Mobi Way é o mais caro entre os que usam o antigo motor 1.0 Fire e o Easy segue como a opção de entrada.

LEIA MAIS: Fiat Mobi Drive: subcompacto mostra sua melhor forma. Veja avaliação

Também ganharam alguns equipamentos. O Mobi Easy passa a contar com rodas de aço 13” com calotas, brake light, quadro de instrumentos com iluminação em LED e display digital de 3,5 polegadas, banco traseiro bipartido e ESS (Sinalização de frenagem de emergência). Para o Like, a Fiat adicionou ar-condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros elétricos, rodas de aço de 14” com calotas, travas elétricas e volante com regulagem de altura.

Fire e Fly

Não será dessa vez que o Mobi passará a contar apenas com o novo 1.0 Firefly, de três cilindros. Com 77 cv e 10,9 kgfm de torque a 3.250 rpm, com etanol, esse motor se mostrou bem competente nos testes feitos tanto com o Mobi quanto com o Uno. Segue sendo oferecido apenas na versão Drive do subcompacto e é ele que foi combinado com o câmbio automatizada GSR-Comfort. As demais versões (Easy, Like e Way) continuam equipadas com o 1.0 Fire EVO, de 75 cv e 9,9 kgfm de torque, quando abastecido com etanol.  E funcionam só com o câmbio manual, de cinco marchas.

A grande novidade da linha 2018 é a adição do câmbio automatizado GSR-Comfort, mais uma atualização para o polêmico Dualogic Plus. A promessa da marca é que tem respostas mais rápidas e faz trocas de marchas mais suaves do que a versão anterior da transmissão. Conta também com um sistema inteligente chamado Auto-up Shift Abort, que detecta quando o motorista acelera para fazer uma retomada de velocidade e segura a marcha, auxiliando na aceleração para ultrapassagens.

O câmbio GSR-Comfort é uma evolução do Dualogic Plus, calibrado para aproveitar melhor o motor 1.0 Firefly
Divulgação/Fiat-Chrysler Automóveis
O câmbio GSR-Comfort é uma evolução do Dualogic Plus, calibrado para aproveitar melhor o motor 1.0 Firefly

O grande trunfo para a Fiat é o rendimento energético do Mobi Drive GSR. Segundo a marca, os testes do sistema de etiquetagem Conpet-Inmetro marcaram que essa versão faz 9,8 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada, com etanol. Se abastecido com gasolina, os números sobem para 14 km/l e 15,9 km/l, respectivamente, marcando 14,9 km/l no consumo combinado. Com esse resultado, essa configuração do Mobi passa a ser o carro 1.0 flex mais econômico do Brasil, superando por pouco o Volkswagen Up! com motor 1.0 TSI, que faz 14,8 km/l no consumo combinado. De acordo com a fabricante, o Fiat Mobi automatizado acelera de 0 a 100 km/h em 13,9 segundos e atinge 164 km/h.

LEIA MAIS: Fiat Mobi ou Volkswagen Up! - o embate dos subcompactos. Confira 

Confira os preços, versões e pacotes opcionais do Fiat Mobi 2018:

Fiat Mobi Easy – R$ 33.700

Traz de série motor Fire 1.0 EVO 8V Flex, quadro de instrumentos com Iluminação LED e display digital de 3,5 polegadas, brake light, ESS (sinalização de frenagem de emergência), entre outros itens.

Opcionais:

Kit Funcional (R$ 1.890): Vidros elétricos dianteiros, desembaçador vidro traseiro, predisposição para rádio, limpador e lavador do vidro traseiro e travas nas 4 portas.

Desembaçador com ar quente (R$ 520)

Fiat Mobi Like – R$ 39.190

Adiciona à versão Easy ar-condicionado, direção hidráulica, computador de bordo, vidros elétricos dianteiros, trava elétrica nas portas, volante com regulagem de altura, maçanetas e retrovisores na cor do veículo e outros.

Opcionais:

Kit Connect (R$ 2.140): Desembaçador do vidro traseiro, predisposição para rádio, limpador e lavador do vidro traseiro, volante multifuncional com comando do rádio, rádio Connect com Bluetooth.

Kit Live On (R$ 2.450): Desembaçador do vidro traseiro, predisposição para rádio, limpador e lavador do vidro traseiro, volante multifuncional com comando do rádio, sistema Live On e quadro de instrumentos em TFT.

Fiat Mobi Way – R$ 40.650

Acrescenta à Like barras longitudinais no teto, moldura nas caixas de roda, para-choques exclusivos e suspensão elevada. Essa versão também pode ser equipada com os kits Connect e Live On.

Fiat Mobi Drive – R$ 40.650

Além dos itens da versão Like, traz o novo motor 1.0 Firefly 6V Flex, grade dianteira com pintura em preto ônix, direção elétrica e sistema HCSS de partida a frio.

Opcionais:

Kit Tech (R$ 3.770): Chave com telecomando, faróis de neblina, rodas de liga leve 14”, alarme, retrovisor elétrico com tilt down, cargo box, banco do motorista com regulagem de altura, sensor de estacionamento traseiro, bancos extra série, cintos dianteiros com regulagem de altura, abertura interna do porta-malas e tanque de combustível, e revestimento da soleira das portas dianteiras.

Kit Connect (R$ 1.480): Predisposição para rádio, volante multifuncional, rádio Connect com Bluetooth e quadro de instrumentos em TFT.

Kit Live On (R$ 1.630): Predisposição para rádio, volante multifuncional, sistema Live On e quadro de instrumentos em TFT.

Fiat Mobi Drive GSR – R$ 44.780

Soma à Drive o câmbio automatizado, volante com paddle shift e computador de bordo A e B. Também pode receber os kits Connect, Live On e Tech. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.