Tamanho do texto

Marca japonesa começa a vender o SUV renovado no País. Saiba mais sobre a versão reestilizada do utilitário esportivo médio

Renovado, Toyota RAV4 será vendido no Brasil em versão única, com motor 2.0 de 145 cv e tração apenas dianteira
Divulgação/Toyota
Renovado, Toyota RAV4 será vendido no Brasil em versão única, com motor 2.0 de 145 cv e tração apenas dianteira

Confirmado no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro último, o Toyota RAV4 começa a ser vendido no Brasil a partir de amanhã (1º de abril). O SUV médio recebeu um novo design, mais alinhado com a identidade visual da fabricante japonesa. Trocaram de estratégia, passando a oferecer o modelo em apenas uma configuração, vendida por R$ 159.290.

LEIA MAIS: Toyota Prius mostra que híbridos podem conquistar o Brasil. Veja avaliação

As novas linhas do Toyota RAV4 serviram de inspiração para a reestilização do Etios (que faz parte da linha 2018). Os faróis ficaram menores e se afinam em direção a grade do capô, composto por uma linha fina até chegar no centro, onde contorna o logo da fabricante. As lanternas traseiras também apostam em um aspecto mais fino do que o anterior e com extremidades que foram um desenho mais afiado.

Toyota RAV4 de traseira mudou pouco. As lanternas traseiras com LEDs no lugar de lâmpadas estão entre as mudanças
Divulgação/Toyota
Toyota RAV4 de traseira mudou pouco. As lanternas traseiras com LEDs no lugar de lâmpadas estão entre as mudanças

Mexeram menos na cabine, adicionando uma nova tela TFT com sete funções para o computador de bordo. Focaram muito mais no pacote de equipamentos. Passa a ser vendido com teto solar elétrico (que era oferecido apenas nas versões 4x4 do RAV4 anterior), partida por botão, sete airbags (frontais, laterais, de cortina e de joelho para o motorista), ar-condicionado digital de duas zonas, saída 12V para os passageiros traseiros e banco do motorista com ajuste elétrico.

LEIA MAIS:  Toyota C-HR começa a ser vendido no Japão pelo equivalente a R$ 72,9 mil

Versão única

Por dentro, as novidades incluem apenas a nova central multimídia e computador de bordo com tela digital colorida
Divulgação/Toyota
Por dentro, as novidades incluem apenas a nova central multimídia e computador de bordo com tela digital colorida

Agora o RAV4 está disponível com apenas uma configuração. Estará sempre com o motor 2.0, de 145 cv, e 19,1 kgfm de torque a 3.600 rpm. Trabalha em conjunto com o câmbio CVT, que simula até sete marchas (a mesma utilizada no Toyota Corolla). É abastecido apenas com gasolina. Abandonaram de vez a versão 4x4, pouco vendida, para focar apenas no modelo de tração dianteira.

LEIA MAIS:  Toyota Corolla fica menos tiozão, só que um pouco mais caro. Veja detalhes

Como não teve mudanças na parte mecânica, o nível de consumo segue o mesmo. Segundo os testes do programa de etiquetagem do Conpet-Inmetro, o SUV faz 9,5 km/l no ciclo urbano e 10,9 km/l no ciclo rodoviário, marcando 10,1 km/l no consumo combinado. É o suficiente para receber nota A na categoria dos utilitários esportivos grandes, mas que o deixa com nota C no consumo geral.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.