Tamanho do texto

Há também a nova cor Laranja Habanero, a série especial Connect e o aplicativo Maps + More, que funciona integrado ao novo multimídia no painel

Volkswagen Connect Up!
Divulgação/Volkswagen
Volkswagen Connect Up!

A Volkswagen adota as mudanças mais significativas no Up! desde o lançamento no Brasil, em fevereiro de 2014. Agora o carro recebe retoques no desenho baseadas nas versões vendidas na Europa, com aspecto mais esportivo. Além disso, o carro passa a estar disponível com apenas quatro portas e tem a série especial Up! Connect,  baseada na versão Move Up!,com alguns detalhes diferenciados, como as rodas diamantadas de aro 15 e os adesivos exclusivos nas laterais das portas. Estará nas concessionárias de todo o Brasil no fim do mês e os preços serão divulgados apenas no próximo dia 17.

LEIA MAIS: Volkswagen Up! GTI será lançado em 2018 com motor 1.0, turbo, de 115 cv

Por fora, o VW Up! recebeu para-choques redesenhados, com aspecto mais agressivo, entre as principais novidades. Se vier com motor 1.0 turbo, o Up! passa a ter pintura preta brilhante no para-choque dianteiro e um friso vermelho na grade dianteira, além da tampa traseira escura, como no Up! anterior. Além disso, há novos conjuntos de rodas de aro 14 ou 15, um friso cromado na traseira (no caso da versão topo de linha High Up!), lanternas reestilizadas (mais simples que as de LED no Up! europeu) e novos refletores embutidos no para-choque. Para completar, a Volkswagen oferece a nova cor Laranja Habanero.

No interior é que estão as principais novidades. Os bancos têm novos padrões de revestimento ligeiramente masi refinados, conforme cada versão. O quadro de instrumentos agora é maior, com três grandes mostradores circulares e uma tela de 3,5” na parte de baixo para o computador de bordo, com nove funções, seguindo o padrão de modelos de segmentos superiores, como Golf e Passat. O volante multifuncional utiliza o mesmo desenho do Golf. E nas versões TSI ainda instalaram uma luz ambiente que passa no meio do painel com um filete de luz branca, parecido com o que a Fiat fez com o Palio BlackMotion. 

Um pouco mais equipado

Quem apostava no uso da central multimídia Discovery Media, perdeu. A Volkswagen escolheu o sistema Composition Phone, que conecta o carro a um aplicativo no celular chamado Maps + More – o funcionamento é semelhante ao do Live On da Fiat. O app é gratuito e pode mostrar informações do computador de bordo.A o contrário do sistema rival, o Maps + More utiliza o navegador da TomTom, ao invés de fazer integração com outros programas, como o Waze. Será oferecido como opcional e pode dar informações sobre o trânsito em tempo real.

LEIA MAIS: Andamos no Volkswagen Up! Track 1.0, com jeito de caubói do asfalto

Por focar no uso do celular, recebeu um novo suporte logo acima do rádio. É o mesmo item que a Volkswagen usa no Gol e Voyage, com uma entrada USB dedicada em sua base, para que carregue o aparelho. O item é de série desde a versão Take Up!, de entrada. Bom também é que o Up! agora pode contar com faróis de neblina com cornering light (que se move para iluminar uma curva contanto que o carro não passe nos 40 km/h), bem como sensor de chuva e crepuscular para os faróis.

1.0 mais econômico

Entre as novidades da linha 2018 do VW Up! está a cor Laranja Habanero que foi aplicada na versão Move
Carlos Guimarães/iG
Entre as novidades da linha 2018 do VW Up! está a cor Laranja Habanero que foi aplicada na versão Move

Não deu nem tempo da Fiat aproveitar um pouco. A Volkswagen equipou o Up! 2018 com pneus verdes, o que era feito apenas nas versões com rodas 15”. Agora, os modelos que usam pneus de 14” fazem com que o subcompacto volte a ser o 1.0 mais econômico do Brasil. Segundo o Inmetro, atingiu uma eficiência energética de 1,40 MJ/km. O Up com rodas de 15 polegadas registrou 1,44 MJ/km, enquanto o Fiat Mobi obteve 1,43 MK/km.

LEIA MAIS: Volkswagen Cross Up! renovado começa a ser vendido na Europa 

Traduzindo a medida em quilômetros por litro. Isso significa que o Up! TSI com rodas de 14 polegadas faz 10,4 km/l na cidade e 11,5 km/l na estrada, quando abastecido com etanol. Antes, rendia 9,6 km/l e 11,1 km/l, respectivamente. Com gasolina, agora faz 14,3 km/l no ciclo urbano e 16,3 km/l no rodoviário, números que representam uma melhora na comparação com os 13,8 km/l e 16,1 km/l do modelo anterior.

A parte mecânica do Up! segue a mesma. Continua a vir com o 1.0 EA211, de três cilindros, capaz de gerar 82 cv e 10,4 kgfm de torque com etanol. Pode ser combinado ao câmbio manual de cinco marchas ou o automatizado I-Motion, também de cinco. O 1.0 TSI de 105 cv e 16,8 kgfm (quando abastecido com etanol) também não passou por alterações e continua trabalhando exclusivamente com câmbio manual de cinco marchas – não seguiram o caminho da Fiat, sem combinar o motor turbo ao câmbio automatizado.

Equipamentos

Entre os principais itens de série da versão mais em conta Take Up! destaca-se o porta-malas com luz, relogio digital e o suporte para celular no painel com entrada USB.  No caso da Move Up!, há sensores no para-choque traseiro para ajudar nas manobras, retrovisor do lado direito com função tilt down (se move para baixo ao engatar a ré para evitar raspar as rodas da guia), faróis de neblina, rodas de aro 14 e volante multifuncional revestido de couro. E na topo de linha High Up! ainda são acrescentados outros itens, como a função coming leaving home, que deixa os faróis ligados por alguns segundos mesmo com a ignição desligada para ajudar a iluminar a garagem, por exemplo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.