Tamanho do texto

Demais versões do sedã continuam sem novidades, à espera da nova geração. Sedã parte de R$ 62.500 e pode chegar nos R$ 85.400

O visual do Honda City 2018 fica mais imponente, carregando a identidade da marca na nova reestilização
Divulgação
O visual do Honda City 2018 fica mais imponente, carregando a identidade da marca na nova reestilização

É anuncia a chegada do Honda City 2019 com apenas uma única principal novidade: a central multimídia compatível com Apple Car Play e Android Auto como item de série da versão EX, cujo preço sugerido parte de R$ 79.900. De acordo com a fabricante, equipamento aceita exibir informações do aplicativo Waze, entre uma série de outras funções.

LEIA MAIS: Toyota Yaris Sedan encara o rival Honda City. Veja qual vence.

Ainda conforme a martca japonesa, essa central da versão EX do Honda City 2019 oferece a visualização da câmera de ré com três ângulos de visão e indicação de distância por cores, além de diversas possiblidades de regulagem de áudio, permitindo uma equalização adequada para cada estilo musical

Honda City 2019 e a nova central multimídia agora também disponível na versão EX do sedã compacto
Divulgação
Honda City 2019 e a nova central multimídia agora também disponível na versão EX do sedã compacto

Depois das mudanças adotadas na linha 2018, o Honda City se mantém sem mais novidades.  O sedã compacto continua sendo oferecido em cinco versões, todas com motor 1.5 flex, de 116 cv, que pode funcionar com câmbio automático CVT ou manual, de cinco marchas. Apesar do monovolume Fit ter recebido controle eletrônico de estabilidade desde a linha 2018, o sedã City não teve o item de segurança disponível até agora.

LEIA MAIS: Conheça os 5 sedãs compactos mais econômicos do Brasil

Entre os itens de série em todas as versões do City, destacam-se equipamentos como ar-condicionado (manual nas versões DX, Personal e LX, e digital touchscreen na EX e EXL); sistema de som com Bluetooth e entrada USB; direção elétrica EPS; acionamento elétrico para travas e vidros das quatro portas; volante com ajuste de altura e profundidade e chave do tipo canivete com sistema de travamento e destravamento das portas, fechamento à distância dos vidros e com imobilizador.

Honda City da nova geração

Depois do Honda City 2019, a nova geração do sedã vai ser baseada no visual do sofisticado Accord
Divulgação/Honda
Depois do Honda City 2019, a nova geração do sedã vai ser baseada no visual do sofisticado Accord

Pelo menos em outros mercados emergentes, como o indiano, a nova geração do Honda City deverá ser lançada em 2020, de acordo com o que já chegou a ser publicado pelo site Autocar, da Índia. O carro passará a ter linhas que lembram as do novo sedã de luxo Accord. Além disso, terá aspecto mais sofisticado e até uma versão híbrida, bem como motores mais eficientes.

LEIA MAIS: Veja os 5 sedãs compactos com os maiores porta-malas do mercado

A ideia da Honda é seguir os passos da Volkswagen ao lancer o Virtus, que apesar de ser classificado como sedã compacto tem porte compatível como de um médio. Será uma virada importante na trajetória do City, que contará com mais apelo para brigar no segmento em uma época em que a palavra eficiência será levada mais a sério pelas fabricantes, de acordo com o que dita as regras do novo regime automotive Rota 2030. Confira a seguir como ficaram os preços do Honda City 2019 .

DX MT: R$ 62.500
Personal CVT: R$ 68.700
LX CVT: R$ 74.200
EX CVT: R$ 79.900
EXL CVT: R$ 85.400

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.