Tamanho do texto

Demos uma volta no utilitário esportivo que recebe retoques no desenho, novo ajuste de suspensão, entre outros detalhes

Honda HR-V 2019 recebe mudanças na grade frontal, para-choque e faróis com LED no lugar de lâmpadas convencionais
Divulgação
Honda HR-V 2019 recebe mudanças na grade frontal, para-choque e faróis com LED no lugar de lâmpadas convencionais

Quer a receita do sucesso? Bem, que tal perguntar para o executivo da Honda que teve a brilhante ideia de vender o HR-V no Brasil? Em seus três anos de mercado, o SUV japonês se manteve um líder tão inatingível quanto o implacável Bayern de Munique na Alemanha, mas será que as mudanças no Honda HR-V 2019 serão suficientes para o carro se manter líder do segmento? 

LEIA MAIS: Honda HR-V da linha 2019 chega com novo visual e mais equipamentos

Tal como a nossa seleção em 1994, ele também está se esforçando para conquistar o tetracampeonato de vendas entre os SUVs compactos mais bombados do País. E o esquema tático da marca é bem claro para a investida: reestilizar o Honda HR-V 2019 antes mesmo do Salão do Automóvel.

O Honda HR-V 2019 ostenta mais de 190 mil unidades vendidas desde 2015. Além de ser o produto mais bem sucedido da marca no Brasil, tem um dos menores índices de desvalorização do mercado. A Honda gosta de dizer que os consumidores que colocam todas as contas e atributos na ponta do lápis dificilmente fariam uma escolha diferente do HR-V, que deixa de ter a versão Touring. Acompanhe a seguir as primeiras impressões ao dirigir da EX-L (R$ 108.500), que passa a ser a topo de linha. 

É difícil mudar um time que está ganhando há tantos anos, e a Jeep mostrou isso com mudanças muito discretas no Renegade. Por questões de custo, é quase impossível para um leigo distinguir as diferenças entre as versões 2018 e 2019 do SUV compacto da Fiat-Chrysler. A história é outra com o Honda, que ganha detalhes ainda mais esportivos e descolados para manter a competitividade.

A grade frontal passa a ficar mais em evidência, em material cromado. O símbolo da Honda fica mais horizontal, acrescentado ares imponentes ao HR-V. Há também um novo design nos faróis dianteiros com LEDs de condução diurna e mudanças no para-choque.

LEIA MAIS: Hyundai Creta Prestige enfrenta Honda HR-V Touring, ambos topos de linha

De certa forma, o HR-V está ainda mais parecido com o  WR-V. Há quem goste da dianteira mais robusta e agressiva, mas preferia algo um pouco mais esportivo. A traseira ganha novas lanternas fumês com LED que combinaram com as novas rodas de liga leve. 

Por dentro, os bancos receberam novo desenho, o que contribuiu para deixá-los mais confortáveis. Este foi um fator determinante para ter gostado tanto do HR-V 2019 ao longo dos quase 300 km de percurso. O carro se mostroiu agradável de dirigir, garantindo total conforto para o condutor que não ficará com dores nas costas após um bom período ao volante.

Honda HR-V 2019 ficou mais confortável

No interior do Honda HR-V 2019 a principal mudança fica por conta da nova central multimídia da versão topo de linha
Divulgação
No interior do Honda HR-V 2019 a principal mudança fica por conta da nova central multimídia da versão topo de linha

A Honda também aperfeiçoou a suspensão do HR-V, tornando-o muito mais maleável na cidade. Melhorias na aspereza, vibração e no ruído proporcionam mais maciez em pisos irregulares, enquanto estabilidade e sensibilidade asseguram um trajeto tranquilo em asfalto de boa qualidade. Resposta de direção e linearidade continuam as mesmas do modelo que conhecemos em 2015.

As mudanças caíram muito bem na cidade, mas carroceria poderia ser um pouco mais rígida na estradaparta controlar um pouco mais a rolagem da carroceria nas curvas. A Honda contou com a aplicação de válvulas de amortecedores com discos retificados, acabando com a necessidade de tensionamento por molas.

Se você terá que pegar leve nas curvas, ao menos terá toda a disposição do motor para ultrapassagens em retas. A Honda reduziu o atrito e o peso de seu conjunto CVT, deixando o HR-V mais esperto na estrada. Destaque para a inteligência do câmbio na hora de reduzir as marchas e entregar mais força ao SUV compacto. As versões EX e EXL ainda contam com hastes atrás do volante para trocas de marcha. 

LEIA MAIS: VW revela SUV T-Cross por completo. Veja fotos e detalhes

O motor continua sendo o mesmo 1.8, de 139 cv e 17,4 kgfm a 5.000 rpm, que já sente o peso da idade. A marca não tem a intenção de substituir o seu conjunto mecânico tão cedo, portanto, espere que isso aconteça apenas na próxima geração. Diferentemente do Renegade, o Honda HR-V 2019  mudou mais. Resta saber se as mudanças serão suficientes para encarar não apenas os atuais rivais de sempre, mas também o novo VW T-Cross, que deverá começar a ser vendido em abril de 2019. 

Ficha técnica - Honda HR-V EX-L 1.8

Preço:  a partir de R$ 108.500

Motor: 1.8, quatro cilindros,  flex

Potência: 140 cv a 6.300 rpm

Torque: 17,4 kgfm a  5.000 rpm

Transmissão:  Automático, CVT, tração dianteira

Suspensão:Independente (dianteira) e eixo de torção (traseira)

Freios: Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira

Pneus: 215/55 R17 

Dimensões: 4,29 m (comprimento) / 1,77 m (largura) / 1,59 m (altura), 2,61 m (entre-eixos)

Tanque : 51 litros

Porta-malas: 437 litros

Consumo: 10,5 km/l (cidade) /12,1 km/l (estrada) com gasolina

0 a 100 km/h: 11 segundos 

Vel. Max: 175 km/h

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.