Toyota Camry XLE: tomando como base a gasolina sem os 27% de etanol, o consumo médio é de 23,2 km/l
Divulgação
Toyota Camry XLE: tomando como base a gasolina sem os 27% de etanol, o consumo médio é de 23,2 km/l

A Toyota anuncia o retorno do sedã Camry ao mercado brasileiro, que agora será importado apenas em versão única XLE híbrida (R$ 331.790). Dessa forma, sai de cena o tradicional motor V6 a combustão e entra o 2.5, de quatro cilindros, que funciona auxiliado por mais três elétricos.


De acordo com a Toyota, o motor a combustão rende de 178 cv e torque de 22,5 kgfm a 3.600 rpm e os três motores elétricos somam 120 cv e 20,6 kgfm de torque . Combinados, os propulsores resultam numa potência máxima de 211 cv que é transmitida às rodas da frente com ajuda do câmbio automático CVT.

O Camry conta com quatro modos de condução: Normal, Eco, EV (100% elétrico) e Sport, que se adaptam ao estilo do condutor e, principalmente, ao tipo de terreno, entregando mais ou menos potência, além de maior eficiência e uma rodagem mais sustentável.


Por dentro, painel central com acabamento em soft touch e detalhes de madeira no padrão black engineered wood , além de adornos cromados dão o ar de sofisticação ao sedã . Não pode faltar o teto solar panorâmico e sistema de iluminação ambiente com LEDs.

Na segurança, o Toyota Safety Sense , composto de Alerta de Mudança de Faixa com condução assistida (LDA), o Sistema de Pré-colisão Frontal (PCS) atualizado e a função de Assistência de Direção de Emergência (ESA), que auxilia o motorista na execução de manobras e desvios de obstáculos.

O TSS do Camry conta também com Controle de Cruzeiro Adaptativo (ACC) com alerta sonoro e visual, Faróis altos automáticos (AHB), além da detecção de automóveis e frenagem automática de emergência que estão inclusos no PCS.

O Camry XLE  tem garantia de 5 anos, com o acréscimo de 3 anos em garantia para o sistema híbrido, ou 100 mil km (o que ocorrer primeiro), conforme a fabricante.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários