Toyota Corolla 2023 muda superficialmente, mas ganha em recursos tecnológicos na linha 2023
Divulgação
Toyota Corolla 2023 muda superficialmente, mas ganha em recursos tecnológicos na linha 2023

Apesar da crescente participação dos SUVs no mercado mundial, o segmento de sedãs tem se firmado, ainda que venham declinando em volumes nos últimos anos. Com isso, as principais fabricantes, como a Honda e Toyota vêm trabalhando pela disputa na preferência dos consumidores.


A Toyota , por exemplo, adiantou e apresentou a linha 2023 do seu sedã de maior sucesso, o Corolla . O médio ganhou algumas atualizações, ainda que tímidas, mas vitais para manter o mercado europeu e principalmente o brasileiro, as quais deverão complementar à linha só a partir do ano que vem.

A começar pelo do desenho houve discretas atualizações, com destaque para a grade inferior, agora sem as barras horizontais para ter estilo "colmeia". A moldura dos faróis de neblina mudaram pouco e as rodas de liga leve são novas.


No interior, o Corolla passa a contar com um painel de instrumentos digital de 12,3”, além da central multimídia com tela de 10,5 polegadas. No caso do painel, são quatro modos diferentes: Casual, Smart, Sport e Tough , que muda o visual no mostrador.

Outro recurso do Toyota Smart Connect , que transmite informações em tempo real para a multimídia e pode ser comandado por voz, é mostrar as condições do trânsito. Há também o aplicativo MyT, que possibilitando ligar o carro a distância, ar-condicionado ou destravar as portas.

O pacote Safety Sense foi rebatizado como T-Mate , e inclui itens como assistente de direção de emergência, reagindo para tirar o veículo de uma rota de colisão; supressão de acelerador, impedindo o acionamento repetino do acelerador em baixa velocidade; e assistente de saída, avisando se tem um carro ou ciclista vindo quando alguém vai abrir a porta.

Toyota Corolla 2023 passa a ter nova central multimídia com tela de 12,3 polegadas entre as novidades
Divulgação
Toyota Corolla 2023 passa a ter nova central multimídia com tela de 12,3 polegadas entre as novidades

No motor 1.8, a potência subiu para 140 cv, ou seja, 18 cv a mais em relação aos 122 cv do modelo anterior. De acordo com a marca japonesa , a aceleração de 0 a 100 km/h leva 9,2 segundos, 1,7 segundo a menos.

No mercado europeu há ainda a versão 2.0 híbrida , que ficou com 196 cv, ou 16 cv extras se comparado aos 180 cv da linha 2022. Nos EUA, ainda ganhou tração integral, mas por enquanto será oferecida apenas lá.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários