Caoa Chery Tiggo 8 Pro: com ajuda do motor elétrico, espera-se que o SUV possa fazer 17 km/l na estrada
Divulgação
Caoa Chery Tiggo 8 Pro: com ajuda do motor elétrico, espera-se que o SUV possa fazer 17 km/l na estrada

A Caoa Chery vem trabalhando para eletrificar todos os seus modelos e prova disso é o novo SUV da marca, o Tiggo 8 Pro com sistema híbrido leve que promete ter um dos melhores consumos do segmento.

Prestes a ser lançado, o SUV chinês já aparece no site da  Caoa Chery  e vem sendo flagrado também em testes no Brasil. Uma das característica do modelo está no porte avantajado, com capacidade para transportar até 7 passageiros, graças a terceira fileira de bancos extras para duas pessoas, sendo uma vantagem perto dos rivais menores, Toyota Corolla Cross e Jeep Compass 4xe .

Além disso, o Tiggo 8 Pro estréia o sistema híbrido leve flex de 48 volts , porém, ainda não se sabe qual será o motor a combustão que compartilhará com o elétrico. Tudo leva a crer que seja o 1.5 turbo do Tiggo 8 atual, com 170 cv e 25,5 kgfm de torque.

Quanto ao consumo, espera-se que ele consiga fazer 13 km/l na cidade e chegar até 17 km/l na estrada (gasolina). Associado ao câmbio DHT, que já equipa outros híbridos da marca, a aceleração de 0 a 100 km/h deverá ser feita em 5 segundos.

Para o mercado chinês, no entanto, a Chery apresentou recentemente o  Tiggo 8 Plus e+ , que é equipado com um sistema mais sofisticado, no caso, o do tipo híbrido-plug-in que combina um motor 1.5 turbo e mais dois motores elétricos que juntos rende uma potência de 326 cv e 52 kgfm de torque.

Vale salientar que a novidade não ocupará a posição do Tiggo 8 - pelo menos por enquanto - que é vendido atualmente pelo grupo Caoa Chery e que vem apenas para complemento da linha de veículos.

Em todo o caso, é certo que a marca aos poucos está eletrificando toda a linha, e essa tese é reforçada pela atualização do site na qual o logo da Chery aparece na cor azul, em alusão aos elétricos, substituindo o tradicional vermelho.

Quanto aos preços, cogita-se que o novo eletrificado Tiggo 8 Pro custe algo em torno de R$ 250 a R$ 300 mil, levando em conta a atual versão que é vendida ao preço de pouco mais de R$ 200 mil.

Nesse patamar, é possível Tiggo 8 Pro venha recheado com sistemas exclusivos de condução semiautônoma como frenagem automática de emergência, assistente de manutenção de faixa e controle de cruzeiro adaptativo. A previsão de lançamento é só para o segundo semestre.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários