Tamanho do texto

Além disso, scooter também ganha novas cores entre as principais novidades da linha 2018. Saiba mais detalhes sobre o modelo da marca japonesa

Honda SH 150 i: as duas versões da linha 2018 do scooter com novas cores, mas sem mudanças no conjunto mecânico
Divulgação
Honda SH 150 i: as duas versões da linha 2018 do scooter com novas cores, mas sem mudanças no conjunto mecânico

É lançada a linha 2018 do scooter Honda SH 150i com algumas novidades. Uma delas fica por conta da versão DLX, que passa a ser vendida pelo preço sugerido de R$ 12.950. No caso da versão ABS, o preço cai um pouco, para R$ 12.450. Ambas contam com três anos de garantia, sem limite de quilometragem. E estão disponíveis nas cores preta, azul e vermelho, todas perolizadas.

LEIA MAIS: Yamaha apresenta linha 2018 do scooter NMax 160 ABS

O modelo Honda SH 150 i vem com lanternas e luzes luzes traseiras e dianteiras em LED, Idling Stop, tecnologia que desliga o motor em marcha lenta por até 3 segundos, religando-o automaticamente quando acionado o acelerador, tomada de 12v, rodas de liga leve de 16 polegadas, Smart Key, além de sistema de freios ABS (antitravamento), entre outros itens. Com a introdução da versão DLX, o consumidor passa a ter uma nova opção com visual ainda mais exclusivo com a tonalidade Preto Perolizado predominante mesclada ao dourado perolizado na parte frontal da carenagem. 

Entre outras características técnicas, o SH 150i também conta com assoalho plano dos pés, o que facilita carregar pequenos objetos com ajuda de uma alça de fixação para levar bolsas, sacolas e mochilas durante o deslocamento. Há também porta objetos com tomada 12V para carregamento de celulares. E sob o assento ainda existe um guarda-volume com capacidade para até um capacete fechado. 

LEIA MAIS: Honda lança a linha 2018 do scooter PCX 150 e a nova versão Sport

Ainda como parte dos itens de série, o scooter tem  sistema de freios com ABS (antitravamento), rodas de liga leve de 16 polegadas e o Idling Stop, tecnologia que desliga o motor em marcha lenta por até 3 segundos, religando-o automaticamente quando acelerado.

Sem mudanças mecânicas

 No conjunto mecânico, o motor continua sendo o 150 cc, de 4 tempos, refrigerado a água, alimentado por injeção eletrônica de combustível, capaz de gerar 14,7 cv e 1,40 kgfm de torque a 6.250 rpm e que funciona com câmbio automático, do tipo CVT.

Na parte estrutural, os freios do Honda SH150i têm ABS e a suspensão dianteira  é do tipo garfo telescópico, com curso de 100mm. Na traseira, possui sistema com dois amortecedores que possibilitam até 5 ajustes de pré-carga na mola (curso de 95mm), com maior suavidade e conforto na pilotagem.

LEIA MAIS: BMW mostra scooter elétrica com 160 quilômetros de autonomia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.