Tamanho do texto

A novidade é sucessora da CB650F, que substituiu a famosa CB600 Hornet. Podendo desembarcar no 2º semestre, promete ainda mais esportividade

Honda CB650R: Apesar das mudanças em alguns aspectos do visual, promete mais a partir da mesma filosofia de diversão
Divulgação
Honda CB650R: Apesar das mudanças em alguns aspectos do visual, promete mais a partir da mesma filosofia de diversão

Apresentada pela primeira vez no Salão de Milão do ano passado, a nova Honda CB650R acaba de ter seu preço divulgado na Europa. Na Inglaterra, por exemplo, a substituta da CB650F é oferecida por 6.999 libras, o equivalente a R$ 33.390. Os amantes da CB600F Hornet, a antecesora da atual CB650F, agora deverão dar boas vindas à nova membro da família que traz esportividade das carenadas e usabilidade das nakeds .

LEIA MAIS: Honda CG Titan chega em versão especial para comemorar seus 25 anos

A principal diferença em relação à 650F está no visual. A Honda CB650R trocou o estilo streetfighter pelo design clássico Neo Sports Cafe, que apareceu primeiro na CB1000R. Além disso, a naked perdeu peso, ficou mais potente e ganhou posição de pilotagem mais esportiva. A previsão de chegada ao Brasil é para o segundo semestre. Atualmente, a CB650F é vendida em versão única, com ABS, por R$ 35.490.

LEIA MAIS: Honda Pop 110i 2019 chega por R$ 5.790 com os freios combinados

Honda CB650R promete mais esportividade

Alguns itens da  Honda CB650R foram revisados para se aproximar ainda mais das motocicletas de corrida
Divulgação
Alguns itens da Honda CB650R foram revisados para se aproximar ainda mais das motocicletas de corrida

A nova estrutura, tanque de combustível e outras modificações deixaram a nova 650R 6 kg mais leve que a F, enquanto o aumento da rotação de corte do motor em 1.000 rpm permite uma entrega de potência 5% maior no pico (total de 95 cv, contra 88 cv da Honda CB650F ). A Honda diz também que a curva de torque ficou mais suave e constante, para acelerações e retomadas mais rápidas e lineares.

LEIA MAIS: Suzuki GSX 1300R Hayabusa sai de linha depois de duas décadas

Para melhorar a ciclística, a CB 650R traz o chassi 1,9 kg mais leve e com longarinas mais flexíveis, enquanto a suspensão dianteira agora tem garfo Showa com tubos de 41 mm, ajuste de pré-carga e amortecimento. Também há um novo sistema de freios Nissin com discos de 310 mm e pinças radiais.

LEIA MAIS: Harley-Davidson faz estréia de motocicleta elétrica na feira CES 2019

Já a posição de pilotagem ficou mais agressiva, uma vez que o seu guidão agora está posicionado mais à frente (13 mm) e mais baixo (8 mm), enquanto as pedaleiras foram recuadas (3 mm) e ficaram mais altas (6 mm). O assento segue com altura de 810 mm do solo. O painel digital, por sua vez, passou a ser o mesmo da nova linha CB500, mais moderno e de melhor visualização que o da 650F.

LEIA MAIS: Honda Elite 125 chega às lojas por R$ 8.250, no lugar da Lead

Mais potente, mais atraente e com um sistema de escape de maior vazão, além das mudanças de posicionamento do piloto e ciclística, a Honda CB650R tem a missão de reviver a diversão rebelde da antiga Honda CB600 Hornet , que cravou um patamar de adrenalina mais elevado ante as rivais. Além disso, com a chegada de novas tecnologias para o universo das duas rodas, não será improvável que os donos de motocicletas como a naked fiquem impressionados com a nova geração das esportivas em geral.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas