Tamanho do texto

Novidade substitui modelo com novo motor, além de equipamentos mais modernos e eficientes. Segundo a marca, moto é pensada para fazer 30 km/l

Dafra Apache 200 RTR: Novidade chega para o segmento das nakeds oferecendo visual mais agressivo e novas tecnologias
Divulgação
Dafra Apache 200 RTR: Novidade chega para o segmento das nakeds oferecendo visual mais agressivo e novas tecnologias

A Dafra revela detalhes da nova geração da Apache, a 200 RTR, que substitui a 150. A novidade está prevista para chegar ao mercado em abril, com  visual agressivo, cheio de grafismos, carenagem com design agressivo e banco bipartido.Com novo motor, a moto promete entregar mais eficiência, com estimativa de 30 km/l de consumo na gasolina, segundo a montadora. Outra grande novidade divulgada é que será vendida por R$ 15.200, um preço na média do segmento das nakeds .

LEIA MAIS: Dafra Citycom chega à linha 2019, agora com freios ABS

Mostrada pela Dafra no Salão Duas Rodas 2017, observou-se que muitos tiveram curiosidade de conhecê-la melhor. Com os dados revelados pela montadora, sabe-se que terá suspensão traseira do tipo monochoque, com sete tipos de regulagens diferentes, freios a disco nas duas rodas (270 mm na dianteira e 240 mm na traseira), painel de instrumentos totalmente digital, luz diurna (DLR) e lanterna em LED.

Quanto ao seu motor, a moto será equipada com o monocilíndrico, de 197,7 cc de cilibdrada, arrefecido a ar e com injeção eletrônica de combustível. Os seus 21 cv e 1,5 kgfm serão enviados à roda motriz por meio do câmbio de cinco marchas, com embreagem do tipo deslizante. Além disso, vale lembrar essa Dafra será a única em todo o segmento com o sistema que evita o travamento da roda traseira.

LEIA MAIS: Suzuki Katana, sucessora da clássica dos anos 80, ganha registro no Brasil

Segundo descrição da marca realizada para o modelo do mercado asiático, a nova Apache 200 RTR acelera de zero a 100 km/h em 12,1 segundos e atinge os 129 km/h. Entre outros dados, temos o peso total, que é de 149 kg em ordem de marcha, e o tanque de combustível, com capacidade para 12 litros. O modelo é produzido em parceria com a indiana TVS —mesma marca com a qual a BMW se uniu para criar as G 310 R e G 310 GS.

Dafra com a mesma cilindrada, por menos

Esta 200 da Dafra é, por uma boa margem, o modelo com o maior motor entre os scooteres mais baratos
Divulgação
Esta 200 da Dafra é, por uma boa margem, o modelo com o maior motor entre os scooteres mais baratos

Migrando para o segmento dos scooteres, encontramos, na mesma “casa”, a Dafra Cityclass 200i, que sai por R$ 10.690. Trata-se da 5ª entre os scooteres mais baratos do Brasil , e entre a lista de seus equipamentos, traz itens como entrada USB, GPS, abertura do compartimento sob o banco na ignição (sem precisar desligar a moto), painel com relógio, indicador de combustível, alerta de manutenção, gancho para sacola e bagageiro já preparado para instalação de um baú.

LEIA MAIS: Nova Yamaha MT-09, com várias atualizações, é lançada por R$ 43.690

Falando de chassi e conjuntos mecânicos, a Dafra Cityclass é equipada com um motor monocilíndrico injetado, de 199 cc, que desenvolve 13,8 cv e 1,41 kgfm, além da transmissão automática CVT. Enquanto isso, o freio dianteiro traz disco de 240 mm com pinça de três pistões, e o traseiro com 220 mm de disco e um pistão de 35mm. Por fim, a suspensão dianteira se apoia em um garfo telescópico com 87 mm de curso, e em dois amortecedores ajustáveis na traseira, com 65,6 mm de curso máximo. As rodas de 16 polegadas são grandes para a sua categoria, algo que favorece a dirigibilidade.