Tamanho do texto

Novidade é uma opção mais em conta que a KTM 390 Adventure, também recém apresentada e com boas chances de vir ao Brasil. Veja mais detalhes

KTM arrow-options
Divulgação
KTM 250 Adventure terá preços similares às rivais Honda XRE 300 e companhia, se vier ao Brasil

Após a KTM 250 Duke, a fabricante austríaca revela a KTM 250 Adventure para a Índia e Indonésia. Trata-se de um modelo que viria para concorrer com a líder de mercado Honda XRE 300 Adventure (R$ 19.090, com preços a partir de R$ 18.590), Yamaha XTZ 250 Lander ABS (R$ 17.190), Kawasaki Versys-X 300 (R$ 23.540) e BMW G 310 GS (R$ 23.900). O mercado de ambos os países é muito similar ao do Brasil, o que sugere fortemente a vinda da novidade, com novo motor e equipamentos para atender ao uso em todo o terreno.

LEIA MAIS: BMW G310 R e G 310 GS ganham novas cores na linha 2020

KTM arrow-options
Divulgação
Novidade traz os equipamentos de última geração da fabricante austríaca, mas com alguns itens a menos que a 390

Entre os maiores destaques da nova KTM 250 Adventure , estão o motor de 248,8 cc que gera 30 cv e 2,44 kgfm, freios ABS que podem ser desligados na roda traseira (bom recurso durante um uso no off-road) e painel TFT muito similar ao da KTM 390 Duke (que, ao contrário do que foi anunciado na Asia, não perderia a conectividade com celulares no Brasil). O único recurso que fica devendo à “irmã” naked é o farol de LED (a aventureira segue com o halógeno).

LEIA MAIS: Testamos a nova KTM Duke 200

KTM Adventure 390

KTM arrow-options
Divulgação
KTM 390 Adventure: Entre as Trail mais em conta da marca, esta é a opção com maior motor e equipamentos mais refinados

Outra que conta com enormes chances de vir ao Brasil é a “irmã” 390, que foi revelada este mês no Salão de Milão (EICMA), na Itália. As similaridades com a 250 se dão em todos os seus atributos, adicionando um motor maior, alguns equipamentos e acertos diferenciados no conjunto de suspensão (ambos WPS) e freios (Bybree). Os preços da KTM 390 Adventure , se/quando iniciar suas vendas no Brasil, poderiam superar os da Kawasaki Versys-X 300 (R$ 23.540) e da BMW G 310 GS (R$ 23.900).

LEIA MAIS: Veja 7 novidades do Salão de Milão que serão lançadas no Brasil

As suspensões elevadas têm curso curso de 170 mm na dianteira e 177 mm na traseira. Para complementar, a roda dianteira tem 19 polegadas, com os pneus de uso misto. Controle de tração e ABS são itens de série, com a possibilidade deste último ser desativado para uso na terra.

LEIA MAIS: Haojue revela motos inéditas no Salão Duas Rodas para bater Honda e Yamaha

O motor monocilíndrico, de 373 cc (mesmo da Duke), mantém-se com os 43 cv e 3,7 kgfm, ligado ao câmbio de 6 marchas (o mesmo da KTM 250 Adventure ). Enquanto isso, os freios contam com discos de 320 mm na frente e 230 mm atrás. O para-brisa e os protetores de mão (de série) são acompanhados de uma posição mais elevada (banco a 85 cm do solo), além do tanque de 14,5 litros.