Tamanho do texto

Esportivas de baixo custo foram projetadas na China, e caso cheguem às concessionárias, deverá ser mais em conta que a KTM 200 Duke

Honda arrow-options
Divulgação
Registro da Honda CBF 190TR no Instituto Nacional da Propriedade (INPI)

A Honda CBF 190TR ganha registro no Instituto Nacional da Propriedade (INPI). Mesmo que sua patente tenha por objetivo apenas preservar a propriedade intelectual da fabricante, uma vez no mercado, deverá ser vendida próximo dos R$ 14.490 cobrados pela “irmã” CB 250F Twister, com a proposta de rivalizar com a KTM 200 Duke (R$ 17.900). Seu visual remete a CB 1000, mas que, devido ao seu projeto chinês, utiliza o mesmo conjunto mecânico da CBF 190R.

LEIA MAIS: Meses após registro no Brasil, esportiva Suzuki Katana terá motor 125 cc

Honda arrow-options
Divulgação
Enquanto o farol e os retrovisores redondos dão estilo retrô, linhas agressivas e rabeta curta são de nakeds esportivas

O visual da Honda CBF 190TR mistura o retrô aos atributos das nakeds esportivas modernas. Entre os detalhes de destaque, estão um suporte de placa que vem da balança traseira, o que deixa a sua curta rabeta mais limpa. A moto é simples, mas conta com elementos mais refinados, como a suspensão dianteira invertida, a iluminação total em LED (faróis, lanternas e piscas), os discos de freio no formato “ondas”, o painel totalmente digital e banco de couro texturizado.

LEIA MAIS: Conheça a nova KTM 200 Duke ABS

CBF 190R também ganha registro

Honda arrow-options
Divulgação
Enquanto a TR tem traços retrô bem expressivos, a 190R é moderna em todos os seus atributos

Com um visual esportivo, a Honda CBF 190R é muito parecida com a CB 190R, que é vendida na Argentina, mas com algumas diferenças. Apesar de manter um visual muito parecido com as CB maiores, a pequena CBF tem diferenças nas carenagens laterais do tanque, além de um escape maior. Os demais itens são comuns à versão TR.

LEIA MAIS: Yamaha MT-125 é revelada e se torna a esportiva mais em conta, abaixo da MT-03

Honda arrow-options
Divulgação
Conjunto mecânico e o projeto como um todo são os mesmos entre a retrô e a moderna

Assim como a Honda CBF 190TR , a 190R é equipada com o motor monocilíndrico de 184,4 cc, com injeção eletrônica e câmbio de 5 marchas. Ele gera, ao todo, 16,6 cv, menos que os 26 cv da KTM 200 Duke, mas mais próximo dos ainda superiores 21,5 cv da Yamaha Fazer 250 (R$ 15.800).