Ano novo, modelos novos. Alguns deles já foram adiantados no Salão Duas Rodas, na segunda quinzena de novembro, no São Paulo Expo. Segundo o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, o momento do mercado motociclístico é de recuperação. Isso justifica o forte investimento das marcas no desenvolvimento de novas tecnologias, que por sua vez, chegam para equipar as novas motos 2020 e lançamentos posteriores.

LEIA MAIS: Yamaha NMax é revelado com novo visual e equipamentos na linha 2020

Entre os maiores destaques das novas motos 2020 , estão novos conjuntos mecânicos, visuais e equipamentos. Enquanto umas unem os atributos para um melhor custo-benefício, outras visam mais o estilo, enquanto outras, um bom desempenho. Veja a seguir:

1 – Triumph Street Triple RS

Triumph Steet Triple RS
Divulgação
Triumph Street Triple RS: versão esportiva deve chegar com desempenho aprimorado entre os principais atrativos

No Salão Duas Rodas 2019, a Triumph revelou duas novidades que estavam em sua agenda, para começar a vender no primeiro semestre. A primeira delas é a naked esportiva Street Triple RS, enquanto a outra é a clássica Rocket 3. Ainda sem preços divulgados, ambas sairão por mais de R$ 45 mi. Para ambas, a proposta foi de aprimorar a dirigibilidade esportiva.

LEIA MAIS: O momento da Triumph Bonneville Bobber

Com 765 cc, o motor da Street Triple RS ganhou um aumento significativo no seu torque, que agora ficou 9% maior na faixa intermediária de rotações, atingindo um pico de 7,9 kgfm a 9.350 rpm. Com um novo escapamento, a curva de potência aumentou em 9%, chegando a 123 cv. A Rocket 3R, por sua vez, é a moto de produção com o maior motor do mundo, com 2500 cc. Ele gera 11% mais potência que a geração anterior, com 167 cv e 22,1 kgfm.

2 – Royal Enfield Continental GT

Royal Enfield Continental GT
Divulgação
Royal Enfield Continental GT tem o custo-benefício entre os principais atrativos entre as novidades de 2020

A partir de R$ 25.990, trata-se do modelo que será o topo de linha, junto da Interceptor 650 (R$ 24.990), ambas reveladas no Salão Duas Rodas 2019. Recém chegada às lojas, enquanto a Continental é pensada para ser mais esportiva, inspirada nas café-racers , a Interceptor traz atributos mais clássicos.

LEIA MAIS: Como é pilotar uma Royal Enfield

Além do chassi completamente novo, trazem como principal novidade o conjunto mecânico. A promessa é um funcionamento superior ao visto nos monocilíndricos da linha Classic 500. Com dois cilindros paralelos e 648 cc, rende 47 cv e 5,3 kgfm. Além do câmbio de 6 marchas, contam com ABS de série e tanque de 12,5 litros.

3 – Yamaha XMax

Yamaha X Max 2020
Divulgação
Yamaha XMax 250: nova versão chama atenção por novos detalhes e garantia de quatro anos entre os destaques

A Yamaha é outra que visa expandir seu mercado de scooteres ao buscar novos públicos. Além da Neo 125 e da NMax 160, agora eis que surge a Yamaha XMax 250, novo modelo de topo. Com data de lançamento para março, já pode ser adquirida em pré-venda por R$ 21.990. Chega com controle de tração, ABS, LED, 2 capacetes, smart key , 4 anos de garantia, 3 cores: azul, preto e vermelho entre as principais novidades da marca japonesa.

LEIA MAIS: Yamaha XMax 250 já pode ser encomendado

Entre as principais rivais, estão a Dafra Citycom 300 300i (R$1 19.990), Honda SH 300i (R$ 23.590) e Kymco Downtown 300 ABS (R$ 22.900). Ainda sem especificações reveladas, deve partilhar o conjunto mecânico da Fazer 250, com motor que gera 21,5 cv e 2,1 kgfm, refrigeração a ar, mas ao contrário do câmbio de 5 marchas da naked , traz o automático CVT.

4 – Honda ADV 150

Honda ADV 150
Divulgação
Honda ADV 150 vem com vários itens de série e um conjunto bem eficiente para atrair a atenção

Totalmente inspirado no “irmão” maior X-ADV, o também crossover Honda ADV 150 é uma opção mais urbana — sem abrir mão dos atributos off-road — e pensada para oferecer custo-benefício. Entre os seus equipamentos, vem com pneus de uso misto e perfil alto de 14 polegadas na frente e 13” na traseira, sistema start-stop de série e freios combinados (CBS). Como opcional, é possível adicionar o sistema ABS.

Além disso, vem com faróis duplos em LED e painel de instrumentos com tela de LED. Seu conjunto mecânico é o mesmo do Honda PCX 150, com 13,2 cv e 1,38 kgfm, com arrefecimento a líquido e injeção eletrônica. Preços e datas ainda não foram revelados para o aguardado lançamento das motos 2020 , mas tem previsão ainda para o primeiro semestre, por mais que R$ 15 mil.

5 – Haojue DR 160

Haojue DR 160
Divulgação
Haojue DR 160 chegará para disputar um lugar de destaque no disputado segmento em que a Honda CG é a líder de vendas

Três modelos inéditos vão executar os planos da Haojue de ampliação do portfólio para este ano. São eles, o scooter VR 150 (para o início de fevereiro, por R$ 9.740), a naked DR 160 (fevereiro, por R$ 12.295) e a trail NK 150 (para julho, ainda sem preços definidos). De todas, a DR 160 é a novidade que chega para a batalha no segmento mais acirrado, ante a nova Honda CG 160 Titan S (R$ 11.490).

LEIA MAIS: Veja 5 scooteres inéditos que estão no Salão Duas Rodas 2019

A Haojue DR 160, última das novas motos 2020 listadas, estréia visual inspirado nas nakeds esportivas ( streetfighters ), devido à assinatura em LED do farol, linhas definidas — que conferem robustez aos componentes estéticos — e rabeta curta, além de painel de LCD. No âmbito dos conjuntos mecânicos, traz suspensão invertida na dianteira e monoshock na traseira, banco bipartido, novo motor monocilíndrico injetado, de 160cc, que gera 15 cv, além de freios a disco combinados (CBS) nas duas rodas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários