Yamaha E01 irá rivalizar com motos de entrada, mas oferecendo atributos de moto superior
Divulgação
Yamaha E01 irá rivalizar com motos de entrada, mas oferecendo atributos de moto superior

A Yamaha anunciou que começará as vendas de seus dois scooteres elétricos em 2022. Um será o E01 e, o outro, o E02. O primeiro deverá encarar rivais como o recém-lançado BMW CE 04 — o primeiro scooter elétrico da marca alemã — bem como as motos de 125cc. Já o segundo terá como alvo os ciclomotores, as motos com motores de 50cc.

O E01 deverá entregar potência de até 11 kW (14 cv) e velocidade máxima em torno dos 90 km/h, assim como a maioria dos modelos disponíveis no segmento. Já o seu "irmão"  E02 , vê a maior probabilidade de gerar potência de até 4 kW, com velocidade final entre 40 e 50 km/h. Com isso, teria uma proposta limitada em atender as cidades.

Este é o E02, pensado para oferecer menores custos ao consumidor final e uma proposta urbana
Divulgação
Este é o E02, pensado para oferecer menores custos ao consumidor final e uma proposta urbana

Os scooteres elétricos foram revelados no Salão Automóvel de Tóquio em 2019. Eles ainda existiam em forma de conceito, mas já tinham aparência muito similar a modelos de produção. Esperamos que as versões finais não sofram muitas modificações em relação aos protótipos. Além do mais, seria muito legal ver os modelos desembarcando por aqui também.

Atualmente, a Yahama oferece dois scooters elétricos. O primeiro deles é o e-Vino, que aposta no estilo retrô, com autonomia de 58 km. O outro é o EC-05, desenvolvido em parceria com a Gogoro, que tem visual mais moderno e autonomia de 110 km com uma carga.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários