A pandemia e a alta no preço dos combustíveis aumentaram o volume de motocicletas nas vias do Brasil
Divulgação
A pandemia e a alta no preço dos combustíveis aumentaram o volume de motocicletas nas vias do Brasil

De 2019 para cá, a incidência de acidentes fatais envolvendo motociclistas que era de 20%, hoje é quase 80%, segundo o o coronel da polícia rodoviária, Pedro Luís de Souza Lopes, comandante do 6º batalhão de Polícia Militar Rodoviária (PMRV).


Responsável pela gestão do Rodoanel Mario Covas e por todo trecho que liga a capital ao Litoral Norte, ele analisou os diversos fatores que influenciam nas características do fluxo, como, por exemplo, a economia.

“Temos reparado e verificado essa mudança de comportamento nos índices de acidentes envolvendo motociclistas que tem aumentado bastante nos últimos anos, em razão do aumento de motocicletas em ruas e rodovias”, explica Lopes.

Durante uma entrevista ao podcast "De Olho na Estrada" em uma conversa com o gerente de operações da concessionária SPMAR - que atua na administração dos Trechos Sul e Leste do Rodoanel Mario Covas - Fausto Cabral, o coronel Pedro Luís apresentou dados alarmantes.

"O aumento do preço do combustível tem indicado o crescimento exponencial do uso das motocicletas, não só em rodovias e, com isso, fatalidade entre motociclistas aumentou quase 60% em dois anos", alerta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários