Tamanho do texto

Edição de 2018 entrará para a história, marcada por carros elétricos e SUVs

O Salão do Automóvel 2018 fechará suas portas no domingo (18), às 19 horas. Esta foi uma edição um tanto quanto singular em relação ao que já estamos acostumados a extrair do evento. Foram diversos aprendizados, conceitos e visões sobre o que podemos esperar do futuro da indústria automotiva nos próximos anos.

LEIA MAIS: 5 fiascos que encontramos no Salão do Automóvel 2018

Em clima de encerramento, a reportagem do iG Carros enumera cinco grandes aprendizados que o Salão do Automóvel 2018 ensinou não apenas para o público, mas também para as fabricantes que buscaram inovações e conceitos. Saiba quais são.

1 - Menos automóveis, mais mobilidade

Toyota i-Ride é solução para pessoas que usam cadeira de rodas no Salão do Automóvel 2018, em São Paulo
Divulgação
Toyota i-Ride é solução para pessoas que usam cadeira de rodas no Salão do Automóvel 2018, em São Paulo

Talvez o conceito de lançar automóveis esteja ficando ultrapassado e pensar mais na mobilidade seja a mudança mais plausível para os próximos anos. Chega a ser um discurso quase filosófico sobre como as fabricantes de automóveis olham a si mesmas. Algumas marcas já não se entendem mais como montadoras de carros, e sim como empresas de mobilidade em todos os sentidos possíveis.

Um bom exemplo é a Toyota, que mostrou um patinete elétrico para facilitar a locomoção dentro de grandes espaços. Poderia ser bem aplicado para seguranças de empresas que precisam monitorar um grande espaço, por exemplo. Outro conceito interessante que você poderá conferir neste fim de semana é o Toyota i-Ride , compacto elétrico que visa melhorar a acessibilidade de pessoas em cadeiras de rodas.

Uma das patrocinadoras da Olimpíada de Tóquio em 2020, a marca diz que todo o translado dos atletas será feito pelo e-Pallete, o curioso micro-ônibus elétrico mostrado no início do ano durante o CES 2018.

2 - Elétricos e híbridos são o futuro

Renault Zoe é atração principal no Salão do Automóvel 2018 e já está disponível nas lojas da marca francesa
Caue Lira/iG
Renault Zoe é atração principal no Salão do Automóvel 2018 e já está disponível nas lojas da marca francesa

Este foi o Salão do Automóvel mais eletrificado da história. As fabricantes, finalmente, deixaram de trazer modelos elétricos com a simples função de surpreender o público com tecnologias estrangeiras. Eles já estão disponíveis no Brasil, com preços definidos e prazos para chegarem às concessionárias. Um deles já está à venda, o Renault Zoe.  Por enquanto, o mais em conta confirmado até agora é o chinês JAC E40, que chega em meados de 2019, por R$ 129.990.

LEIA MAIS: Veja 5 carros que ninguém esperava que estariam no Salão do Automóvel 2018

A Chevrolet trouxe o Bolt EV, custando R$ 175 mil. No estande ao lado, a Volkswagen investiu em versões híbrida e elétrica dos modelos Golf e Passat. O tecnológico Nissan Leaf e o compacto Renault Zoe partem de R$ 178 mil e R$ 149 mil, respectivamente. Enfim, não há motivos para estender os detalhes, uma vez que já fizemos uma lista falando dos modelos. Clique no link abaixo para conferir mais informações

LEIA MAIS: Veja 5 carros híbridos e elétricos mostrados no Salão do Automóvel 2018

3 - O Brasil avança na jornada da eletrificação

O presidente da Nissan, Marco Silva, durante a assinatura do acordo com a UFSC, de Santa Catarina
Reprodução/UFSC
O presidente da Nissan, Marco Silva, durante a assinatura do acordo com a UFSC, de Santa Catarina

Acha que o Brasil ainda não está preparado para os avanços tecnológicos do futuro? Bem, a Nissan já iniciou uma parceria com o curso de engenharia da Universidade Federal de Santa Catarina para aprofundar o tema. O objetivo é estudar o reuso das baterias de modelos elétricos assim que a sua vida útil chegar ao fim.

Tal como as baterias recarregáveis que você utiliza no controle da sua televisão ou do videogame, os modelos instalados nos carros elétricos não são eternos. Após o seu uso extensivo, a autonomia começa a diminuir e o modelo precisa de uma substituição. Mas o que fazer quando a sua vida útil no automóvel chega ao fim?

Ao invés de debater as possibilidades, a Nissan decidiu mostrar na prática. Os alunos da UFSC cuidaram de parte da instalação elétrica do lounge na parte de trás do estande, conectando a linha à bateria de um antigo Nissan Leaf. Com o clique de um botão, pude trocar toda a energia que vem da hidrelétrica de Itaipu pela que estava armazenada na bateria do Leaf. Aliás, não precisa se preocupar sobre a durabilidade do seu carro: a Nissan oferecerá oito longos anos de garantia para a bateria do Leaf. Para mais detalhes sobre o novo carro elétrico, bem como o x-Trail híbrido, confira a matéria abaixo.

LEIA MAIS:  Nissan apresenta o elétrico Leaf e o SUV híbrido X-Trail no Salão do Automóvel

4 - Compactos se tornam coadjuvantes

Kia Rio é a única novidade entre os compactos do Salão do Automóvel 2018. Mesmo assim, l ainda é dúvida no Brasil
Divulgação
Kia Rio é a única novidade entre os compactos do Salão do Automóvel 2018. Mesmo assim, l ainda é dúvida no Brasil

Foi-se o tempo em que carros compactos eram as principais atrações do Salão do Automóvel de São Paulo. Em 2018, eles estão mais para coadjuvantes que protagonistas. A Renault, por exemplo, poderia ter apresentado novidades sobre o facelift da família Sandero, mas deixou isso de lado. No estande ao lado, a Nissan também não se preocupou em apresentar detalhes sobre o futuro March.

O único compacto realmente novo apresentado durante o evento foi o Kia Rio. E ainda assim, sua chegada ao Brasil dependerá muito do câmbio. Já homologado, a marca coreana tem esperanças de lançá-lo por aqui no segundo semestre de 2019.

5 - SUVs são os protagonistas

O badalado VW T-Cross rouba a cena no Salão do Automóvel 2018. Mas chega às lojas apenas em abril de 2019
VW T-Cross
O badalado VW T-Cross rouba a cena no Salão do Automóvel 2018. Mas chega às lojas apenas em abril de 2019

Estamos soterrados em uma verdadeira avalanche de SUVs compactos. Atualmente, eles correspondem a aproximadamente 23% do mercado, conforme os levantamentos publicados pela Fenabrave. Mas há grandes chances deste número ficar ainda maior nos próximos anos. Há estimativas que os utilitários esportivos apontam que chegarão a 30% do mercado. 

LEIA MAIS: Veja galeria com as principais atrações do Salão do Automóvel 2018

O Salão do Automóvel 2018 contou com a estreia do novo VW T-Cross, que chega para concorrer na categoria dos compactos contra Honda HR-V, Jeep Renegade e Nissan Kicks. Entre os modelos médios, a Nissan apresentou o X-Trail, seu modelo de maior sucesso na categoria. Até mesmo a Fiat mostrou o conceito de seu primeiro SUV médio desde o Freemont. Para conferir mais informações e imagens dos modelos mencionados acima, veja a galeria que fizemos com os modelos mais interessantes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.