Tamanho do texto

Minivan será reestilizada e deverá ser lançada no segundo semestre com algumas novidades. Saiba o que vai mudar na minivan da marca americana

Chevrolet Spin: versão renovada é vista na região de São José dos Campos (SP), em comboio, ainda com disfarces
Alex Ruffo/Máquinas na Pan
Chevrolet Spin: versão renovada é vista na região de São José dos Campos (SP), em comboio, ainda com disfarces

A GM prepara a versão renovada da minivan Chevrolet Spin para o segundo semestre e deverá mostrar a novidade no Salão do Automóvel, entre os dias 8 e 18 de novembro. O carro receberá mudanças no desenho e mais equipamentos. Pelo o que é possível notar nas fotos feitas pelo jornalista Alex Ruffo, do programa Máquinas na Pan, as principais alterações ficarão por conta das lanternas traseiras e da frente redesenhada.

LEIA MAIS:  Novo Hyundai Creta é visto circulando (de novo) com poucos disfarces

Apesar dos disfarces, é possível notar que os contornos das lanternas traseiras da linha 2019 da minivan Chevrolet Spin não são verticais, mas horizontais. Tudo indica que o desenho da traseira da Spin passará a seguir o estilo adotado no sedã Cobalt, mas com detalhes modernos, como LED no lugar das lâmpadas convencionais. O que deverá mudar também é a posição da placa de identificação, que passará a ficar instalada na nova tampa do porta-malas e não mais no para-choque.

Na frente, mesmo com a camuflagem também é possível ver que a grade do radiador vai mudar. Com a reestilização, deverá ficar mais fina e longa, além de ficar mais próxima dos faróis, que podem ficar mais finos, o que dará um aspecto mais elegante à minivan que reina quase absoluta como líder de segmento. Aproveitando a reforma no visual, o para-choque também poderá receber novos traços. 

LEIA MAIS:  Renault Kwid terá versão com apelo aventureiro em 2019. Saiba detalhes

Entretanto, o conjunto mecânico deverá continuar o mesmo, com motor 1.8 flex, de 111 cv e 17,7 kgfm de torque a 2.600 rpm. No sistema de transmissão, vai ser mantida tanto a caixa automática quanto a automática, ambas de seis marchas. Novos motores da GM vão começar a aparecer apenas a partir de 2020, com início de produção marcada para meados de 2019, em Joinville (SC).

O que mais da GM virá por ai

Chevrolet Adria Concept poderá servir de base para o novo SUV que deverá entrar no lugar do Tracker
Divulgação
Chevrolet Adria Concept poderá servir de base para o novo SUV que deverá entrar no lugar do Tracker

 Entre as novidades que a GM deverá ter nos próximos anos estão incluídas as novas gerações de Onix, Prisma, Cobalt e Spin, todos feitos com uma nova base desenvolvida em parceria com a chinesa SAIC. Além desses carros, é bem provável que também seja lançado um SUV compacto para entrar no lugar do Tracker, atualmente trazido da Argentina.

LEIA MAIS:  Honda HR-V renovado vaza na internet antes do lançamento; confira

Esse novo SUV deverá seguir os linhas do protótipo Adria, que foi revelado pela primeira vez ao público durante o Salão de Nova Deli, na Índia, em 2014. E, sem contar a renovada Chevrolet Spin, um quinto novo modelo da GM que poderá aparecer a partir de 2020 é uma picape para entrar no lugar da Montana, com linhas que, finalmente, deixarão de seguir o mesmo padrão do Agile. 

Fotos:  Alex Ruffo/ Máquinas na Pan

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.