Tamanho do texto

Cancelado para o Brasil, SUV híbrido compartilha a base TNGA com o Corolla renovado. Veja mais informações

Toyota C-HR: SUV da marca japonesa está fora dos planos da marca no Brasil, mas testa componentes da nova plataforma
Pedro Gado
Toyota C-HR: SUV da marca japonesa está fora dos planos da marca no Brasil, mas testa componentes da nova plataforma

Os planos esfriaram, mas o Toyota C-HR continua sendo testado no Brasil, como foi confirmado pelo flagra recente feito pelo leitor Pedro Gado. Uma unidade sem camuflagem foi avistada perambulando pela Avenida do Estado, em São Paulo, durante essa semana.

LEIA MAIS: As marcas unidas terão alguma chance de não serem vencidas

Mesmo que o Toyota C-HR  esteja fora dos planos da marca no Brasil, seus testes no País continuam fazendo sentido. O modelo traz a nova plataforma TNGA (Nova Arquitetura Global da Toyota) que equipa o Yaris tailandês e estará nas próximas gerações de Prius e Corolla. O SUV híbrido esteve nos planos da Toyota até o fim de 2017, quando a marca decidiu abandonar de vez a ideia de trazê-lo para o Brasil. O modelo esbarrou no governo federal, na alta do dólar e no constante adiamento do novo regime automotivo Rota 2030.

LEIA MAIS: Polo fica mais caro na linha 2019, mas ganha equipamentos

Feito na Turquia - de onde seria importado o modelo brasileiro - o Toyota C-HR vem equipado com um competente 1.2, turbo, de 116 cv de potência, mas apenas com câmbio manual de seis marchas - quem preferir câmbio automático terá que pular para a versão 1.8 híbrida de 122 cv.

Novas estratégias

Daihatsu DM trec é um dos SUVs que podem servir de base para um novo modelo da Toyota
Divulgação
Daihatsu DM trec é um dos SUVs que podem servir de base para um novo modelo da Toyota

Se você estava ansioso para finalmente dirigir um SUV compacto da Toyota, não há porque se desapontar com o cancelamento do C-HR. O foco da marca japonesa passará a ser outro, mirando no sucesso que sua subsidiária Daihatsu faz com o SUV compacto DM trec.

O irreverente Steve St.Angelo, presidente da Toyota do Brasil, contou ao nosso colunista AutoBuzz que os SUVs são a grande tendência global. E a Toyota, marca que mais vende veículos no planeta, não pode deixar de atuar nessa categoria no Brasil e na América Latina. Entretanto, a marca gosta de preservar o espírito “zen” e a cautela dos japoneses. De acordo com o executivo, todos os passos são precisos, feitos com vasto embasamento de mercado. Portanto, se o melhor negócio para a Toyota incluir a ausência de um rival para o Honda HR-V nos dias de hoje, assim será.

Novo HR-V

Honda HR-V: uma atração de poucas novidades deverá estrear com retoques no desenho no fim do ano no Brasil
Divulgação
Honda HR-V: uma atração de poucas novidades deverá estrear com retoques no desenho no fim do ano no Brasil

A Honda apresentará a nova estilização do Honda HR-V durante o Salão do Automóvel de São Paulo, que acontecerá entre os dias 8 e 18 de novembro. As mudanças não chegam a ser novidades gritantes, pois já foram antecipadas pelo lançamento do modelo japonês no início do ano.

LEIA MAIS: Renault Duster 4x4: um SUV aventureiro de verdade

O modelo ficou mais afiado e esportivo, com nova disposição dos lustres dianteiro e traseiro, bem como a grade que remete ao sedã Civic. Possivelmente, o modelo brasileiro poderá contar com iluminação em LED nas versões mais caras.

Na Ásia, uma das principais mudanças foi a adoção de nova central multimídia, com tela sensível ao toque, de melhor resolução e compatível com Apple Car Play e Android Auto, assim como o Toyota C-HR . O criticado sistema multimídia do modelo brasileiro também poderá ser atualizado, seguindo o padrão da dupla City e Fit.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.