Tamanho do texto

Novo modelo deverá chegar às lojas do país apenas em 2021, com ares de cupê, assim como o Fiat Fasback, que vai estrear na mesma época

Renault Arkana conceitual será praticamente igual ao modelo que será produzido em série em 2021
Divulgação
Renault Arkana conceitual será praticamente igual ao modelo que será produzido em série em 2021

A Renault já tem os SUVs Duster e Captur em sua linha disponível no Brasil, mas também vai apostar em mais um, o Renault Arkana, com jeito de cupê, o que reforça o lado esportivo do carro. O novo modelo acaba de aparecer entre os registros de patentes do País e tem sua chegada prevista para 2021.

LEIA MAIS: Renault mostra novo SUV Arkana, que tem chances de ser vendido no Brasil

O Renault Arkana já teve a versão conceitual mostrada no Salão de Moscou (Rússia), no final de agosto do ano passado. E pelas imagens das patentes do carro é possível notar que a versão que será produzida em série é praticamente igual ao protótipo, até mesmo por meros detalhes, como a base dos retrovisores externos com filete de metal escovado. 

Renault Arkana terá o desenho arrojado com um dos principais apelo para chamar atenção dos consumidores
Divulgação
Renault Arkana terá o desenho arrojado com um dos principais apelo para chamar atenção dos consumidores

Comparando a imagem da patente, que segue abaixo, com a do protótipo (acima), até no desenho das rodas, entradas de ar, frisos, lanternas, faróis, vincos, o  Arkana que será produzido em série tem as mesmas formas do protótipo, que quando chegar ao Brasil, dentro de três anos, terá entre os rivais o novo Fiat Fastback , que teve o lançamento confirmado no mercado brasileiro em 2020.

 LEIA MAIS: Fiat confirma novo SUV nacional para 2021. Saiba mais detalhes

Trata-se do SUV que será fabricado com base no conceito apresentado no Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, em novembro último. Vai pegar carona no sucesso da picape Toro, da qual irá herdar alguns traços.

O Renault Arkana definitivo

Imagem da patente registrada no Brasil do Renault Arkana não mostra nenhuma diferença em relação  ao protótipo
Reprodução
Imagem da patente registrada no Brasil do Renault Arkana não mostra nenhuma diferença em relação ao protótipo

O novo SUV da marca francesa deverá ser fabricado em São José dos Pinhais (PR) a partir do final de 2020.  O Arkana vai utilizar da plataforma B0+, a mesma dos modelos Logan, Sandero, Duster e Captur. E seu projeto é conhecido internamente como Projeto LJC.

 LEIA MAIS:  Conheça 5 principais novidades que vão estrear em 2019 no Brasil

Ainda não se sabe exatamente quais serão as opções de motor do Renault Arkana , mas umas alternativas mais bem cotadas fica por conta do 1.3 turbo, com injeção direta de combustível, desenvolvido em parceria com a Mercedes-Benz, capaz de gerar 170 cavalos. Atualmente, no Brasil, pelo menos por enquanto, o motor mais potente que a marca utiliza é o 2.0 flex do hatch esportivo Sandero RS, que gera 150 cv com apenas etanol no tanque. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.