Tamanho do texto

SUV perde estepe na traseira em todas as versões e ganha apelo esportivo. No Brasil, deverá ser mostrado apenas em 2020, no Salão do Automóvel

Nova geração do Ford EcoSport roda disfarçado antes da apresentação oficial, no ano que vem, na Europa
Reprodução/FordCarblog
Nova geração do Ford EcoSport roda disfarçado antes da apresentação oficial, no ano que vem, na Europa

A nova geração do Ford EcoSport terá tudo novo. O carro passará a adotar a mesma linha adotada pelos rivais VW T-Cross e Citroën C4 Cactus, ambos com uma área frontal menor, aproximando-se do estilo de um crossover, com mais apelo esportivo. As imagens do site americano FordCarblog mostram que novo modelo será bem diferente do atual.

 LEIA MAIS: Ford EcoSport surgirá totalmente renovado e mais moderno em 2020

Apesar dos disfarces, as imagens revelam que o novo moelo terá alta linha de cintura, perderá o estepe na traseira em todas as versões e ficará mais parecido com um hatch médio com certo apelo aventureiro. Na frente, assim como no Fiesta vendido na Europa, a ampla grade do radiador está entre os destaques, bem como os faróis que dão ideia de terem saído de um esportivo. 

Na traseira, as lanternas em posição elevada e o estreito vidro traseiro lembram o estilo arrojado que começou a se espalhar entre os SUVs a partir da chegada do Range Rover Evoque, no final da decada passada. As mudanças serão tantas que cogita-se até que o carro pode mudar de nome, passando a se chamar Puma.

LEIA MAIS: Ford EcoSport Titanium: como anda o modelo 1.5 com pneus "run flat"?

Traseira do novo Ford EcoSport terá mais apelo esportivo e não terá estepe acoplado em nenhuma versão
Reprodução/FordCarblog
Traseira do novo Ford EcoSport terá mais apelo esportivo e não terá estepe acoplado em nenhuma versão

De qualquer forma, por dentro, haverá mais espaço para cinco ocupantes e suas respectivas bagagens, além de uma dose de sofisticação extra. Entretanto, o sistema multimidia será apenas uma versão aperfeiçoada do SYNC 3 utilizado atualmente pela Ford, com tela sensível ao toque e compatibilidade com Android Auto e Apple Cart Play. 

Mais detalhes do novo Ford EcoSport

Traseira do novo Ford EcoSport vai contar com linha de cintura alta, o que reforça seu aspecto de crossover
Reprodução/FordCarblog
Traseira do novo Ford EcoSport vai contar com linha de cintura alta, o que reforça seu aspecto de crossover

 Quanto aos novos ajustes, ainda conforme o FordCarblog, o novo crossover deverá se destacar a suspensão com maior capacidade de absorver as irregularidades do piso sem prejudicar a estabilidade para condizer com o maior apelo esportivo do carro. Amortecedores hidráulicos e sistema multibraço na traseira deverão fazer parte do conjunto. 

Na parte mecânica, pelo menos nas versões que serão vendidas na Europa, o novo Ford EcoSport deverá contar com motor 1.5, a diesel, com cerca de 120 cv e 1.0 EcoBoost, que chegou a ser vendido no Fiesta feito no Brasil, capaz de render 125 cv, com gasolina. E no sistema de transmissão poderá estar disponível câmbio automático ou manual, ambos de seis marchas, com tração integral oferecida apenas como opcional.

LEIA MAIS: Saiba detalhes sobre o lançamento do Ford Ecosport, primeiro SUV de sucesso

Na Europa, o mais provável é que o carro seja mostrado em 2020. No mercado americano, porém, se chegar a ser aprovado, o carro chegará apenas no ano seguinte, como modelo 2022. No Brasil, espera-se que o novo Ford EcoSport seja apresentado apenas no final do ano que vem, durante o Salão do Automóvel, no São Paulo Expo. 

Fonte:  FordCarblog