Tamanho do texto

Esportivo é um dos poucos da categoria que oferecem fôlego e supercarro sem exagerar no tamanho. Mas custa exatos R$ 329.990

Audi RS3 Sedan: com base reforçada do A3, esportivo tem tração integral, câmbio de 7 marchas  e 400 cavalos de potência
Carlos Guimarães/iG
Audi RS3 Sedan: com base reforçada do A3, esportivo tem tração integral, câmbio de 7 marchas e 400 cavalos de potência

Quando baixo peso e alta potência são levados a sério o resultado é bastante animador. Se vier acompanhado de um ronco bem afinado, como o do Audi RS3 Sedan, então, pode contar nos dedos os carros que conseguem essa combinação. Entre as raridades, dá para lembrar de BMW 1M e Mercedes CLA 45AMG, entre os mais recentes que cheguei a por as mãos. Mas nenhum desses dois consegue ser mais rápido que o foguetinho da marca das quatro argolas. Usando o controle de largada, ao pisar fundo no freio e no acelerador ao mesmo tempo, você dispara em 4,3,2,1…Sim, após o “lançamento”, dá atingir 100 km/h em 4 segundos para ser mais exato, ante 4,8 s do BMW e 4,1 s do Mercedes. 

LEIA MAIS: Audi RS7 Performance: Aceleramos o supercarro do Neymar

Grudado no banco do tipo concha, cujo desenho do encosto parece uma naja pronta para dar o bote, solto o pé do freio e o Audi RS3 Sedan  despeja todos os 400 cv de potência com ajuda da tracão integral, tirando todo ar dos meus pulmões por alguns instantes. Se durante os 4 segundos de aceleração ainda der para olhar no cluster vai notar que os medidores digitais de torque e potência marcam que 100% da força do motor está sendo usada no momento  Pois é, temos aqui um sedãzinho de 4,47 metros de comprimento e que pesa meros 1.515 kg com desempenho de supercarro bem maior e mais caro.

Não vamos ainda falar do preço. Melhor continuar com a melhor parte do RS3 Sedan: o desempenho. Capricharam no conjunto mecânico, com motor 2.5, de cinco cilindros, com bloco de alumínio, turbocompressor com até 2,3 bar de pressão, dupla injeção direta no coletor de admissão. Para chegar nos 400 cv de potência e nos empolgantes 48,9 kgfm que aparecem a meros 1.700 rpm, a lista de recursos é longa e ainda inclui as camisas dos cilindros com tratamento químico para redução de atrito, cárter de magnésio, entre outros itens.

Puro rock and roll

Interior caprichado tem com partes de couro do tipo Alcantara. Repare no cluster digital e configurável
Divulgação
Interior caprichado tem com partes de couro do tipo Alcantara. Repare no cluster digital e configurável

Além da tração integral, o RS3 vem com câmbio sequencial, de dupla embreagem e 7 marchas, que faz trocas de marchas em um piscar de olhos. Mas a cereja do bolo é que a suspensão é controlada eletronicamente e tudo funciona integrado ao sistema dinâmico de direção (Audi Select), que permite que o motorista escolha por três modos de funcionamento: conforto, automático e dinâmico. Nesse último, o carro fica endiabrado, engrossa a voz e, se o ajuste da suspensão já parecia rígido, passa a agir como se fosse tratado no concreto. Portanto, é recomendável apenas se você for participar de algum track day em pista fechada com asfato impecável, uma vez que, nesse modo, o carro não tolera buracos.

LEIA MAIS: Audi R8 V10 Plus:  aceleramos o supercarro debaixo de chuva

O ronco borbulhante que sai pelas duas enormes saídas de escape soa como música para os ouvidos dos entusiastas do volante. E a precisão como que o carro responde aos comandos de direção, acelerador de freios sempre transmite segurança. O volante de três raios e base achatada tem parte revestida de couro do tipo Alcantara, o que ajuda na empunhadura. Vem com hastes para trocas de marcha, o que é recomendável para uma tocada mais animada. Numa acelerada, a paisagem lá fora logo se transforma num borrão e tudo acontece muito rápido, no mesmo ritmo que sua pulsação vai aumentando com a adrenalina.

Bancos têm largos apoios laterais para ajudar a segurar o corpo dos ocupantes nas curvas
Divulgação
Bancos têm largos apoios laterais para ajudar a segurar o corpo dos ocupantes nas curvas

O equilíbrio do carro impressiona. A conhecida plataforma MQB da Volkswagen recebeu reforços estruturais por causa do conjunto mecânico poderoso. O trabalho surtiu efeito, uma vez que em qualquer situacão o comportamento do carro é neutro, mesmo com a distribuição de peso de 57,7% no eixo dianteiro e 42,3% no traseiro. Se forçar a barra, com o controle eletrônico de estabilidade mais permissivo, existe uma tendência de sair de frente facilmente corrigida aliviando a pressão no acelerador.

Ponto positivo também para o acabamento caprichado e para o conforto dos bancos, com largos apoios laterais, revestidos de couro e com costuras aparentes cruzadas, criando um efeito sofisticado. A central multimídia e o GPS também merecem destaque. O sistema que permite desenhar as letras do endereço desejado com a ponta do dedo facilita bastante e é algo que apenas os modelos mais equipados da Audi podem ter. E quem curte som pode se esbaldar com a instalação de alta-fidelidade da renomada Bang & Olufsen, com 705 watts de potência  e que conta com duas entradas USB, além toca discos para CD no porta-luvas e mais slots para SD Card.

LEIA MAIS: Audi TTS: cupê de sangue quente. Confira a avaliação detalhada

Curiosamente, porém, o porta-malas não é dos maiores. Leva apenas 315 litros de bagagem, o que é menos que os 335 litros do RS3 hatch. Entretanto, os encostos dos bancos traseiros são rebatíveis em 1/3 e 2/3, o que ajuda  aumentar a área de carga e levar objetos para longos. Atrás, há espaço para três ocupantes, que contam com cintos de três pontos e encostos de cabeça. O carro sai por R$ 329.990, tanto na versao sedã quanto no hatch. É um valor que pode ser pago por muito poucos no Brasil, mas vai ser dificil encontrar algo por aqui que tenha o mesmo desempenho por esse preço. 

Conclusão

Um dos únicos sedãs da categoria com desempenho de supercarro disponíveis no Brasil atualmente. Recebeu um belo trabalho de engenharia, o que inclui motor todo novo, de última geração, além de tração integral e acabamento caprichado. O Audi RS3 Sedan é de tirar o chapéu.

 Ficha técnica

Preço: R$ 329.990

Motor: 2.5, cinco cilindros, turbo, gasolina

Potência:  400 cv a 5.850 rpm

Torque: 48,9 kgfm a partir de 1.700 rpm

Transmissão: Automatizado, de sete marchas, tração integral

Suspensão:Independente (dianteira) / multibraço (traseira)

Freios: Discos ventilados na dianteira e na traseira

Pneus:  255/30 R19 (dianteiros) e 235/35R 19 (traseiros)

Dimensões: 4,48 m (comprimento) / 1,80 m (largura) / 1,39 m (altura), 2,63 m (entre-eixos)

Tanque : 55 litros

Consumo: 7,5 km/l (cidade) /9,9 km/l (estrada) com gasolina

0 a 100 km/h: 4,0 segundos 

Vel. Max: 280 km/h

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.