Tamanho do texto

Dois SUVs médios travam disputa acirrada com itens sofisticados, bom espaço e estilo arrojado, ambos com motor 2.0 flex e câmbio de 6 marchas

Jeep Compass x Kia Sportage: SUV coreano mais largo e de linhas arrojadas enfrente melhor obstáculos urbanos
Guilherme Menezes/iG
Jeep Compass x Kia Sportage: SUV coreano mais largo e de linhas arrojadas enfrente melhor obstáculos urbanos

O pega entre Jeep Compass e Kia Sportage, ambos com motores 2.0 flex, é dos mais quentes. O líder de vendas entre os SUVs médios é o modelo da marca americana, mas o desafiante coreano está cheio de qualidades. A disputa apertada já começa pelo preço.  A versão Limited do Jeep sai por R$ 138.990 e a EX do Kia vale R$ 139.490. Por esses valores, a lista de equipamentos é grande em ambos e inclui alguns itens sofisticados.

LEIA MAIS: Por que o Jeep Compass é um dos carros mais desejados do Brasil?

No Jeep Compass , entre os destaques estão os faróis com lâmpadas de xenônio, sensor de ponto cego com aviso luminosos nos retrovisores, tela colorida e configurável no cluster e freio de estacionamento eletrônico. Nada disso vem no Kia, que contra-ataca com bancos elétricos revestidos de couro tanto para motorista quanto para o passageiro da frente, central multimídia capaz de exibir até video em formato MP4 e teto solar panorâmico com sistema antiesmagamento.

De qualquer forma, os dois SUVs estão equipados até os dentes. Os dois vêm com belas rodas (aro 19 no Kia e 18 no Jeep), sensores que acionam automaticamente faróis e limpadores de para-brisa, hastes para trocas de marcha no volante, controles eletrônicos de estabilidade e tração, ancoragem ISOFIX para cadeiras infantis, entre outros itens.

Mas na questão do espaço interno o Sportage fica um pouco na frente do Jeep. Principalmente, se considerar o porta-malas. São 503 litros ante 410 litros do Compass. A distância entre-eixos do Kia também é maior (2,67 m ante 2.64 m), o que acaba ajudando a acomodar os passageiros do banco de trás. Ponto positivo para o modelo coreano também quando o assunto é ergonomia. Os comandos no console central estão mais bem distribuídos no Kia e são acionados com mais facilidade que no Jeep,  que tem alguns botões em posição mais baixa que o ideal.

Pé na estrada

Conjunto bem acertado é outro ponto que surpreende ao volante do Kia Sportage com motor 2.0 flex
Divulgação/Kia
Conjunto bem acertado é outro ponto que surpreende ao volante do Kia Sportage com motor 2.0 flex

Depois de dar a partida e acelerar o Sportage continua dando trabalho ao Compass, líder absoluto no ranking dos SUVs médios, com 23.143 unidades vendidas entre janeiro e maio, de acordo com os números da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos). No mesmo periodo, o Kia vendeu apenas 2.509 unidades.  Se uma das razões de você comprar um SUV é escapar valetas, lombadas e do piso mal conservado, o Sportage se sai melhor.

LEIA MAIS: Kia Sportage muda visual na linha 2019 e tem chegada confirmada ao Brasil

Sim, ao volante do Compass 2.0 Flex vai ser mais fácil raspar a parte de baixo da frente nas rampas de estacionamentos e obstáculos do gênero. Os ângulos entrada e saída do Kia são melhores (17,5° e 24,5°, ante 16,2° e 22,2°, respectivamente). Além disso, a suspensão do Sportage é mais rígida, o que controla melhor a oscilação da carroceria , inclusive nas curvas, o que ajuda a transmitir uma sensação de que o carro está mais sob controle. No Kia, os pneus são um pouco mais largos e de perfil mais baixo (245/45R 19 ante 225/55R 18), o que também garante mais firmeza. 

O que não agrada nos dois é o consumo de combustível. De fato, não há cerimônia em beber etanol, mas o Sportage consegue ser um pouco mais comportado nesse aspecto. Conforme os dados do Inmetro, o Kia faz 6 km/l de etanol na cidade e 7,5 na estrada, ante 5,5 km/l e 7,2 km/l do Compass, respectivamente. E o tanque do Sportage é ligeiramente maior, o que acaba rendendo um pouco mais de autonomia (teoricamente, de 432 km em trecho rodoviário, com  etanol, no Jeep, e 465 km no Kia).

Suspensão menos rígida que a do rival da Kia absorve bem as irregularidades do piso pelo caminho
Divulgação/Jeep
Suspensão menos rígida que a do rival da Kia absorve bem as irregularidades do piso pelo caminho

Entretanto, no quesito desempenho, o Jeep dá o troco, com 192 km/h de velocidade máxima e aceleração de 0 a 100 km/h em 10,6 segundos, ante 175 km/h e 11 s do Sportage. Os conjuntos mecânicos de ambos são bem parecidos, com motores 2.0 flex, de 16 válvulas e duplo comando que funcionam com câmbios automáticos de seis marchas. Há direção elétrica e freios a discos nas quatro rodas nos dois. A única vantagem do Jeep é o freio de estacionamento eletrônico. No Kia, ainda existe o antiquado pedalzinho.

LEIA MAIS: Jeep Compass Trailhawk: para se sujar de lama no fim de semana

No dia a dia, porém, o Kia Sportage ainda se sai melhor nas manobras na hora estacionar ou em baixa velocidade, uma vez que tem menor raio de giro, de 10,6 metros conta 11,3 m do Jeep Compass, que exige um espaço maior para ser manobrado sem ter que ficar indo para frente e para trás até conseguir  seguir em frente sem encostar em algum obstáculo ao redor. 

Conclusão

O Kia Sportage deixou claro que é um belo SUV médio, não apenas pelas linhas arrojadas e com aval do renomado designer alemão Peter Schereyer. Mas a marca coreana tem uma rede de concessionários bem menor que a da Jeep e não consegue entregar alguns equipamentos mais sofisticados por causa dos custos de um modelo importado no Brasil em relação a outro fabricado localmente, que é o caso do Jeep Compass, que se torna mais interessante com motor turbodiesel.

Ficha Técnica - Jeep Compass Limited Flex

Preço: a partir de R$ 138.990

Motor:  2.0, quatro cilindros, flex

Potência:  166 cv (E) / 159 cv (G) a 5.300 rpm

Torque:  20,5 kgfm (E) / 19,9 (G) a 4.000 rpm

Transmissão:  Automático, seis marchas , tração dianteira

Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / multibraço (traseira)

Freios: Discos ventilados (dianteiros) / discos sólidos (traseiros)

Pneus:  225/55 R18

Dimensões: 4,42 m (comprimento) / 1,82 m (largura) / 1,64 m (altura), 2,64 m (entre-eixos)

Tanque: 60 litros

Porta-malas: 410 litros 

Consumo gasolina: 8,1 km/l (cidade) / 10.5 km/l (estrada)

0 a 100 km/h: 10,6 segundos 

Velocidade máxima: 192 km/h 

Ficha Técnica - Kia Sportage EX

Preço: a partir de 139.490

Motor:  2.0, quatro cilindros, flex

Potência:  167 cv (E) / 156 cv (G) a 6.200 rpm

Torque:  20,2 kgfm (E) / 18,8 (G) a 4.700 rpm

Transmissão:  Automático, seis marchas, tração dianteira

Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / multibraço (traseira)

Freios:  Discos ventilados (dianteiros) / discos sólidos (traseiros)

Pneus:  245/45 R19

Dimensões: 4,48 m (comprimento) / 1,86 m (largura) / 1,66 m (altura), 2,67 m (entre-eixos)

Tanque: 62 litros

Porta-malas: 503 litros 

Consumo gasolina: 8,7 km/l (cidade) / 11 km/l (estrada)

0 a 100 km/h: 11 segundos

Velocidade máxima:  175 km/h  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.