Tamanho do texto

Com detalhes exclusivos, o SUV agrada pelo aspecto diferenciado. Mas será que isso é o suficiente diante dos fortes rivais? Confira a avaliação completa

Chevrolet Tracker Midnight: entre os itens exclusivos estão as rodas de aro 18 polegadas, pintadas de preto brilhante
Carlos Guimarães/ iG
Chevrolet Tracker Midnight: entre os itens exclusivos estão as rodas de aro 18 polegadas, pintadas de preto brilhante

Na onda favorável aos SUVs vale também lançar versões que têm entre os principais atrativos  apenas alguns itens exclusivos. É o caso do Chevrolet Tracker Midnight, que chega pelo preço sugerido de R$ 105.690, valor que dá direito a um pacote de equipamentos bem recheado, além dos detalhes escurecidos, inclusive o logo da marca americana.

LEIA MAIS: Chevrolet Tracker 2019 chega com controle de estabilidade em todas as versões

Mas diante da briga acirrada entre os SUVs compactos, que vai esquentar ainda mais com a chegada do VW T-Cross , em abril, o que o Chevrolet Tracker Midnight oferece não chega a abalar o apelo dos rivais. Faltam novidades mais significativas ao modelo da GM, cuja nova geração já está em fase de testes e deverá ser lançada até o final de 2019.

Enquanto o novo SUV da GM não chega o que está nas lojas conta o bom motor 1.4 turbo flex entre os principais atrativos. Tem injeção direta de combustível e consegue atingir uma boa dose de força em baixos 2.000 rpm, o que facilita não apenas as manobras do dia a dia no trânsito mas também as ultrapassagens quando for pegar uma estrada.

 Porém, é bom não se empolgar, já que o câmbio automático de seis marchas tem um ajuste mais voltado para economia de combustível, mostrando que a questão do desempenho não foi encarada como prioridade. Se quiser assumir as trocas de marcha acionando o modo sequencial terá que usar o incômodo botão na própria alavanca. Além disso, o Tracker precisa perder peso para poder se sair melhor nas curvas. Pelo menos, agora o carro vem com controle eletrônico de estabilidade (ESP).

LEIA MAIS: Chevrolet Tracker Premier:  bem equipado e sem exagerar no preço

Se o desempenho do Tracker Midnight não empolga, por outro lado o consumo relativamente baixo é animador. De acordo com os números do Inmetro, o SUV é capaz de fazer 10,6 km/l de gasolina na cidade e 11,7 km/l na estrada. Entretanto, se o carro tivesse melhor rigidez torcional, facilitaria o trabalho na suspensão em absorver as irregularidades do piso. No eixo traseiro, os freios a tambor é outro sinal de que o tempo passou depressa para o SUV da GM .

Um Chevrolet Tracker bem equipado

Chevrolet Tracker Midnight vem com revestimento de couro no volante e até no painel, o que mostra certo capricho
Divulgação
Chevrolet Tracker Midnight vem com revestimento de couro no volante e até no painel, o que mostra certo capricho

 Bom é que o Tracker vem bem equipado. Entre outros itens, o carro vem com rodas de aro 18 pintadas de preto brilhante, sistema multilink que funciona em conjunto com o OnStar. E além do ESP, há também além de sensores que detectam fluxo cruzado, ou seja, veículos passando pela traseira, o que é útil ao sair de marcha à ré em estacionamentos, por exemplo. 

Contudo, falta espaço ao Tracker, que tem apenas 306 litros no porta-malas que só não é menor que os 260 litros do Jeep Renegade, mas perde dos 356 do Ford EcoSport.Apesar do esforço da GM em ter um acabamento caprichado é inevitável a sensação de déjà vu, uma  vez que os comandos do console central, bem como volante, saídas de ar e laterais das portas são os mesmos itens do projeto original, de seis anos atrás. De qualquer forma, o o conjunto cumpre seu papel, garantindo certa dose de conforto, mesmo com as rodas de aro 18 montadas em pneus 215/55R. 

LEIA MAIS: Hyundai Creta 2.0 enfrenta Chevrolet Tracker em briga de novos SUVs

Não espere muita valentia ao passar por valetas e lombadas, uma vez que o carro tem um vão livre do solo de apenas 16,2 centímetros, o que fica um pouco abaixo da média dos rivais.  Isso deverá mudar para melhor na nova geração que está por vir e que deverá corrigir alguns pontos da atual, vinda do México.

Conclusão

A versão Minight dom Chevrolet Tracker é uma opção para quem quer um SUV com um conjunto mecânico moderno e eficiente, mas, principalmente, com um vsual descolado, diferente. Mas é bom saber que o carro está prestes a ganhar um nova geração, o que deverá acontecer no segundo semestre de 2019.

Ficha técnica

Preço:  a partir de R$ 105.690

Motor: 1.4, turbo, quatro cilindros,  flex

Potência: 153 cv a 5.200 rpm

Torque: 24,5 kgfm a  2.000 rpm

Transmissão:  Automático, 6 marchas, tração dianteira

Suspensão:Independente (dianteira) e eixo de torção (traseira)

Freios: Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira

Pneus: 215/55 R18 (LTZ)

Dimensões: 4,26 m (comprimento) / 1,77 m (largura) / 1,68 m (altura), 2,56 m (entre-eixos)

Tanque : 53 litros

0 a 100 km/h: 9,4 segundos 

Vel. Max: 198 km/h

Porta-malas: 306 litros

Consumo (E/G): 7,3 km/l / 10,6 km/l (cidade) e 8,2 km/l / 11,7 km/l (estrada)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.