Tamanho do texto

Modelos se enfrentam numa briga acirrada e surpreendente. Ambos são interessantes pela economia de combustível e pelo custo-benefício

Peugeot 2008 e Nissan Kicks
Caue Lira/iG
Peugeot 2008 e Nissan Kicks têm uma série de pontos em comum apesar da diferença no ranking de vendas

Se der uma olhada no ranking de vendas de SUVs compactos verá que o Nissan Kicks está bem na frente do Peugeot 2008.  Mas ambos têm alguns pontos em comum. Começa pela boa relação entre custo e benefício. Na versão S, com câmbio automático, o modelo da marca japonesa sai por R$ 85.990 e o rival  parte de R$ 79.990 na configuração Allure Pack.

LEIA MAIS: Nissan Kicks 2020 chega às lojas mais caro, só que mais equipado

Os dois SUVs também  são econômicos, o que veremos um pouco mais adiante. Agora, o que chama atenção é a diferença de preço a favor do Peugeot, que acaba de chegar às lojas com uma série de mudanças no desenho, além de novos detalhes no revestimentos dos bancos. São R$ 6 mil a menos que o Nissan Kicks e o modelo da marca francesa ainda vem com pacote de equipamentos que inclui volante revestido de couro, câmera de ré e faróis de neblina.

Na linha 2020, o Kicks S passa a ser vendido com controles eletrônicos de tração e estabilidade, itens que o 2008 não pode vir nem como opcional, o que é um  agravante, uma vez que o que está em jogo é a segurança dos ocupantes.  Afora essa bola fora do SUV da marca francesa, o Peugeot é mais equipado e vem com discos de freio no eixo traseiro e não os tambores do Nissan, mais propensos à fadiga.

O 2008 tem um pouco mais de potência (118 cv ante 114 cv) e força (16,1 ante 15,5 kgfm) que o Kicks, além de câmbio automático com conversor de torque, que garante agilidade ligeiramente maior na comparação com a caixa CVT do Nissan.  Além disso, no Peugeot é possível fazer trocas sequenciais na alavança, o que facilita numa tocada mais animada em trechos sinuosos.

Ambos têm a mesma distância livre do solo (20cm) e ângulos de entrada e saída parecidos (23° de entrada e 29° de saída, ante 20° e 28°, respectivamente do Nissan), o significa que a capacidade de passar em lombadas, valetas, entre outros obstáculos urbanos é equivalente nos dois.  O mesmo pode ser dito quanto à estabilidade nas curvas, entre outros fatores, pela mesma medida de pneus (205/60R 16).

 LEIA MAIS: Novo Peugeot 2008: quais os problemas de comprar este SUV?

Mais detalhes de Nissan Kicks e Peugeot 2008

interior do Peugeot 2008
Leandro Alvares/iG Carros
Lista de equipamentos é bem recheada, o que permite boa conectividade e acessibilidade

Ao volante do Peugeot, a diferença a favor é a posição de dirigir, já que no Nissan o chamado ponto H (base do asssento) fica mais alto que o ideal. Além disso, no 2008, o volante é menor e o cluster fica mais elevado, contribuindo um pouco mais com o prazer ao dirigir. Mas bem que no 2008 poderia haver comando do tipo "um toque" tanto nos comandos dos vidros quanto na cobertura do teto solar panorâmico. Para abrí-la, é preciso manter apertado um botão no console.

Em contrapartida, a central multimídia do Peugeot é melhor e mais bem posicionada que a do Nissan, que precisa de melhoras na interface, o que implica em graficos ruins. Nos dois SUVs, porém, não há GPS embutido. Se quiser orientações de mapa terá que contar com os recursos do seu celular. 

Voltando à questão do desempenho, nem o 2008 ou o Kicks empolgam. Ambos são feitos para serem dirigidos em pressa. No Peugeot, embora seja um pouco mais ágil, o câmbio automático (Aisin) poderia ser menos hesitante nas trocas. No Nissan, o problema é a demora nas respostas depois de pisar no acelerador, o que é característico das caixas do tipo CVT.  

Nissan Kicks
Divulgação
Interior do Nissan Kicks S é simples e menos equipado que no 2008, mas o espaço é maior que no Peugeot

Como disse no início, os dois SUVs podem ser considerados econômicos e estão entre os melhores da categoria nesse aspecto. Conforme os dados do Inmetro, o Peugeot 2008 pode fazer 13 km/l de gasolina na estrada e 10,7 km/l na cidade, ante 13,7 km/h e 11,4 km/l do Nissan Kicks, que anda menos, mas, em compensação, faz mais cerimônia em consumir combustível.

 LEIA MAIS: As marcas francesas são todas iguais?

Em se tratanto de SUVs, uma questão importante é o espaço. Nesse quesito, o Nissan fica na frente, com distância entre-eixos maior (2,61 m ante 2,54m) e porta-malas mais amplo (432 litros contra meros 355 litros do concorrente). Apenas no que se refere à ergonomia o 2008 é um pouco melhor, com comandos mais bem posicionados e fáceis de serem acionados.

Conclusão

A briga entre o Peugeot e o Nissan é bem equilibrada. O 2008 é mais em conta, anda mais e vem mais equipado. Contudo, gasta mais, não tem controles eletrônicos de establidade e tração e conta com menos espaço, quesitos fundamentais num SUV hoje em dia, procurados por famílias que querem segurança e algo espaçoso.

Portanto, por uma margem apertada, o Nissan Kicks sai com a vitória, embora precise evoluir em alguns aspectos, como ergonomia, conectividade e desempenho do conjunto mecânico. Além disso, já está começando a chegar a hora do SUV da marca japonesa receber alguma novidade no visual.   

Ficha técnica :

Nissan Kicks 1.6 S CVT 
Preço: a partir de R$ 85.990 
Motor: 1.6, quatro cilindros, flex
Potência (cv): 114 a 5.600 rpm 
Torque (kgfm): 15,5 a 4.000 rpm 
Transmissão: automática, CVT, tração dianteira 
Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / Eixo de torção (traseira) 
Freios: Discos ventilados (dianteiros) / tambores (traseiros) 
Pneus: 205/60 R16 
Dimensões: 4,30 m (comprimento) / 1,76 m (largura) / 1,59 m (altura), 2,61 m (entre-eixos) 
Tanque: 41 litros 
Porta-malas: 432 litros 
Consumo etanol: 7,7 km/l (cidade) / 9,4 km/l (estrada) 
Consumo gasolina: 11,4 km/l (cidade) / 13,7 km/l (estrada)

0 a 100 km/h: 12,4 segundos 

Velocidade máxima: 175 km/h

Peugeot 2008 Allure Pack 
Preço: a partir de R$ 79.990 
Motor: 1.6, quatro cilindros, flex 
Potência: 118 cv (E) / 115 cv (G) a 5.750 rpm 
Torque: 16 kgfm a 4.750 rpm 
Transmissão: Automático, seis marchas, tração dianteira 
Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / eixo de torção (traseira) 
Freios: Discos ventilados (dianteiros) / discos sólidos (traseiros) 
Pneus: 205/60 R16 
Dimensões: 4,16 m (comprimento) / 1,74 m (largura) / 1,58 m (altura), 2,54 m (entre-eixos) 
Tanque: 55 litros 
Porta-malas: 355 litros 
Consumo gasolina: 13 km/l (cidade) / 10,7 km/l (estrada) 
0 a 100 km/h: 12,4 segundos 
Velocidade máxima: 186 km/h