Tamanho do texto

Versão esportiva está prestes a mudar, mas mostra que os alemães da AMG acertaram no conjunto mecânico, embora cobrem (bem) caro por isso

Mercedes GLA 45 AMG arrow-options
Divulgação
Mercedes GLA 45 AMG tem visual exclusivo, mas mudará bastante na próxima geração prestes a ser lançada na Europa

Se quiser um compacto que realmente seja esportivo e consiga lidar melhor com o asfalto crocante que temos na maioria das vias no Brasil, o Mercedes GLA 45 AMG deve estar na sua lista. Mas saiba que o carro está prestes da mudar de geração. Na Europa, a novidade deverá ser apresentada no próximo Salão de Frankfurt (Alemanha), em setembro próximo.

LEIA MAIS: Mercedes GLA x Volvo XC40:  SUVs compactos de luxo que não têm medo de lama

Também é bom se sentar e segurar na cadeira antes de saber o preço. Lá vai: são  R$ 379.900. Entretanto, não há como negar que o carro é bem acertado e anda como poucos do mesmo tamanho. Vamos logo aos números para você ter uma ideia do que estou falando. Que tal uma aceleração de 0 a 100 km/h em  meros 4,4 segundos? Para conseguir esse feito existem recursos no Mercedes GLA 45 AMG como tração integral, câmbio de dupla embreagem banhada a óleo e motor de 381 cv.

Sim, o 2.0 turbo, de quatro cilindros, é um dos mais potentes que se tem notícia. E ronca alto, para nenhum entusiasta do automobilismo encontrar defeito. O nível de refinamento da engenharia do carro chega ao ponto de ter um botão no painel para o som que sai pelo escapamento fique ainda mais encorpado. Bom também é que quase não se percebe o chamado "turbo lag", aquele pequeno atraso na resposta do sistema de sobrealimentação ao pisar no acelerador.

Acelere e terá respostas imediatas, com todo vigor, principalmente no modo Sport Plus. Pudera, são brutais 48,5 kgfm de torque, força disponível a partir de apenas 2.250 rpm. Na prática, isso significa acelerações e retomadas para grudar nos belos bancos de couro, iluminados e que parecem ter saído de modelos de competição, com bastante capricho, o que inclui costuras vermelhas e detalhes de alumínio.

 Acelerando o Mercedes GLA 45 AMG

painel do Mercedes GLA 45 AMG arrow-options
Divulgação
Mercedes GLA 45 AMG tem interior caprichado, mas parte de multimídia já ficou ultrapassada


Diante do volante revestido de couro e tecido Alcantara  basta encostar o pé no pedal da direita para sentir que o GLA 45 AMG é como uma fera prestes a dar o bote e que fica rosnando no anda e para do trânsito. Seu habitat natural é mesmo uma pista livre para engolir quilômetros e quilômetros de asfalto. Nas curvas, esqueça quem consegue chamar o carro de SUV . A sensação é de estar em um hatch compacto dos bons.

LEIA MAIS: Novo Mercedes-Benz GLB é revelado por completo, com sete lugares

Entre outros itens, o GLA 45 AMG vem com rodas de aro 20, montadas em pneus de perfil baixo (235/40R), o que ajuda a manter estabilidade irrepreensível, bem como a suspensão com ajuste esportivo, que não deixa a carroceria inclinar demais de um lado para o outro, ajudando a manter o carro sob controle. Ponto positivo, também, para os freios a disco nas quatro rodas com pedal de alumínio perfurado. 

Roda de aro 20 do Mercedes GLA 45 AMG arrow-options
Divulgação
Mercedes GLA 45 AMG vem com rodas de aro 20 montadas em pneus de perfil baixo 235/40R

O que fica estranho no GLA 45 AMG é que a parte de multimídia do carro ficou bastante defasada. Entrada USB existe apenas dentro do console central é a tela flutuante em cima do painel não ee sensível ao toque. A resolução das imagens, bem como, a velocidade de processamento e a intuitividade do sistema também ficam aquém do ideal. Mas tudo isso deverá mudar com a chegada da nova geração do GLA que será mostrada dentro de dois meses.

O GLA 45 AMG oferece uma lista enorme de equipamentos. Entre os destaques há detector de fadiga ao volante, teto solar elétrico e panorâmico, controle de largada, tampa do porta-malas motorizada, GPS,  HD interno, câmera de ré, DVD player, retrovisores externos com rebatimento automático e bancos dianteiros com ajsustes elétricos, entre outros.

 Há espaço razoável para cinco ocupantes,  mas quem vai sentado no meio do banco traseiro terá um certo incômodo com o túnel central do eixo cardã da tração 4x4. Porém, no porta-malas vão consideráveis 421 litros de bagagem. Na segunda geração do modelo, porém, o carro deverá mais espaçosoe com estilo arrojado, seguindo as linhas do Classe A .

LEIA MAIS: SUV de luxo ou esportivo? O Audi SQ5 é os dois

Conclusão 

A principal vantagem do Mercedes GLA 45 AMG em relação aos pouquíssimos SUVs compactos realmente esportivos que sobraram no Brasil  é conseguir rodar melhor em piso mal conservado sem tantos solavancos. Mas, está prestes a mudar bastante e custa (bem) caro. Um dos seus principais rivais é o Audi RSQ3, de R$ 356.990. 

Ficha técnica - Mercedes GLA 45 AMG

Preço:  R$ 379.900
Motor: 2.0, quatro cilindros, turbo, gasolina  
Potência: 381 cv a 6.000 rpm   
Torque: 48,4 kgfm a 2.250 rpm   
Transmissão: automatizado, dupla embreagem, sete marchas, tração integral   
Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / multilink (traseira)   
Freios: Discos ventilados (dianteiros) / discos ventilados (traseiros)   
Pneus: 235/40 R20   
Dimensões: 4,44 m (comprimento) / 1,80 m (largura) / 1,48 m (altura), 2,70 m (entre-eixos)   
Tanque: 56 litros   
Porta-malas: 421 litros   
Consumo gasolina: 8,2 km/l (cidade) / 11,2 km/l (estrada)   
0 a 100 km/h: 4,4 segundos   
Velocidade máxima: 250 km/h