Creta
Carlos Guimarães/iG
Hyundai Creta Smart Plus 2021: rodas de arp 17 vindas as versão Sport e faróis auxiliares de neblina entre os itens de série

Depois que o dólar disparou e a pandemia continuou afetando a economia como um todo, levar um SUV novo bem equipado por menos de R$ 100 mil virou uma missão quase impossível. Mas ainda existem algumas opções hoje em dia. Uma delas fica por conta do Hyundai Creta Smart Plus (R$ 93.990).

Resta saber se o carro honra mesmo o sobrenome e representa uma opção inteligente diante dos rivais. É o que veremos a seguir.

Se a questão é ter um visual atraente, a resposta é sim. O Hyundai Creta Smart Plus 2021 vem com itens como as rodas de aro 17 que vieram da versão Sport, faróis auxiliares de neblina, para-choques e carcaças dos retrovisores na cor do carro e repetidores de direção laterais entre os principais detalhes. Porém, como uma versão intermediária, não há nada de muito arrojado, como LED no lugar de lâmpadas e lentes escurecidas.

A mesma tática usada por fora você também encontrará por dentro. Ou seja, o volante vem revestido de couro, mas os bancos têm uma combinação de tecido e revestimento sintético. Entretanto, o ar-condicionado é digital, há controlador de velocidade de cruzeiro ("piloto automático), central multimídia com tela sensível ao toque com pareamento via cabo, duas tomadas de 12 V, entre os principais equipamentos.

Não há como reclamar de espaço interno no Creta, independente da versão. O carro feito sobre a base do sedã médio Elantra oferece conforto um pouco acima da média do segmento, com 2,59 metros de entre-eixos e 431 litros para levar bagagem no porta-malas. Só faltou uma saída de ar para quem vai sentado no banco traseiro, o que deixaria o SUV ainda mais confortável.

Por outro lado, o efeito colateral de tanto espaço em um carro com motor 1.6 é a falta de fôlego. Portanto, é bom já ir preparado para ter cautela nas ultrapassagens, principalmente, com o carro carregado. A relação peso-toque de 82,4 kg/kgfm não é das mais favoráveis, fica abaixo dos 77,1 kg/kgfm do Renegade 1.8 e dos 74,9 kg/kgfm do Duster 1.6. Se quiser extrair um pouco de agilidade do carro terá que acelerar, o que faz o consumo e o nível de ruído subirem bastante.

O bom da história é que, mesmo pisando mais forte no pedal da direita, o carro não vibra, mostrando boa qualidade. Há váriador de fase no comado de válvulas tanto na admissão quanto no escape, mas o nível máximo de força (apenas razoáveis 16,5 kgfm) do 1.6 aparece em altos 4.500 rpm. Some-se a isso o câmbio automático de seis marchas hesitante, embora tenha relações bem escalonadas, mantendo o motor em torno de 3.000 rpm a 120 km/h ma estrada.

A hesitação que incomoda no câmbio do Creta 1.6 acontece mesmo moderando o uso do acelerador. Durante a aceleração, a caixa fica oscilando entre uma marcha e outra quando o ideal seria um funcionamento mais uniforme, mantendo o giro mais alto antes da troca. Além disso, quem quiser assumir o comando, terá que fazê-lo apenas com toques na própria avalanca, já que não existem hastes atrás do volante.

Creta
Divulgação
Por dentro, a versão Smart Plus 2021 vem com volante revestido de couro, mas os bancos têm revestimento mais simples

Contudo, se não tiver pressa nenhuma ao volante do Hyundai Creta Smart Plus 1.6, terá como compensação um consumo mediano. Segundo os dados do Inmetro, com apenas etanol no tanque, o carro faz 7,1 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada, números que melhoram para 10,1 km/l e 11,3 km/l com gasolina, respectivamente. Com isso, é possível uma autonomia teórica de até 622 km na estrada, ainda levando em conta os dados do Inmetro.

No dia a dia, outro ponto positivo do Hyundai Creta 1.6 é o acerto da suspensão, que consegue absorver bem as irregularidades do piso e manter boa estabilidade nas curvas, transmitindo segurança. A direção com asistência elétrica também merece elogios, leve nas manobras e precisa em velocidades mais altas. E como é melhor ir devagar com o andor, os freios a disco na frente e os a tambor atrás dão conta do recado.

Conclusão

Se quiser um SUV espaçoso, bem equipado e com alguns efeites no visual, o Hyundai Creta Smart Plus 1.6 é uma boa pedida. Apenas saiba que o carro é um dos mais lentos do segmento, acelerando de 0 a 100 km/h em longos 12 segundos e sem muito fôlego nas retomadas.

A lista de equipamentos é considerável, mas o Creta Smart Plus precisa de mais airbags, já que conta apenas com as bolsas frontais obrigatórias, enquanto alguns concorrentes já despontam com 6 airbags de série desde as versões de entrada.

Ficha técnica

Hyundai Creta Smart Plus 1.6 2021

Preço: a partir de R$ 93.990

Motor: 1.6, quatro cilindros, flex

Potência (cv): 130 (E) / 123 (G) a 6.000 rpm

Torque (kgfm): 16,5 / 16 a 4.500 rpm

Transmissão: Automática, seis marchas, tração dianteira

Suspensão: Independente (dianteira) / eixo de torção (traseira)

Freios: Discos ventilados na dianteira e tambores na traseira

Pneus: 215/60 R17

Dimensões: 4,27 m (comprimento) / 1,78 m (largura) / 1,63 m (altura), 2,59 m (entre-eixos)

Tanque : 55 litros

Consumo:  7,1 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada (etanol), 10,1 km/l na cidade e 11,7 km/l na estrada (gasolina)

0 a 100 km/h: 12 segundos

Vel. Max: 172 km/h 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários