Conceito Volkswagen tem linhas inspiradas no ID.3, e pode indicar versão
Divulgação
Conceito Volkswagen tem linhas inspiradas no ID.3, e pode indicar versão

Não é de hoje que surgem notícias sobre uma variante encurtada da plataforma MEB, utilizada exclusivamente em veículos elétricos do grupo Volkswagen. A nova estrutura será focada em veículos elétricos de baixo custo, e será chamada de MEB Lite ou Entry.

Agora, através do Twitter, o Grupo Volkswagen divulgou esboços de três veículos compactos que serão produzidos na plataforma MEB Lite. Eles serão responsáveis por introduzir consumidores à mobilidade elétrica , dando a entender que deverão ter o preço mais acessível.

O desenvolvimento da estrutura ficou a cargo da Seat , que ao divulgar o conceito Cupra Urban Rebel , mostrou o primeiro derivado da nova plataforma. Agora, o Tweet do Grupo Volkswagen revelou esboços de um modelo Skoda , um Cupra e um VW .

Esboço do modelo da Skoda revela poucos detalhes
Divulgação
Esboço do modelo da Skoda revela poucos detalhes

O interessante dos esboços divulgados é que o da Volkswagen é o que mais mostra detalhes. Por haver similaridades com os ID.3 e ID.4 , dá a entender que o produto derivado da plataforma MEB Lite poderá se chamar ID.2 ou até mesmo ID.1 .

Anteriormente, esperava que o modelo abaixo do ID.3 na linha Volkswagen fosse o conceito ID.LIFE , um SUV compacto com linhas quadradas e conservadoras. Entretanto, existem rumores de que o desenho foi reprovado para a produção, por não ter um design que provoque emoções e atraia o público jovem.

VW ID.LIFE teve seu desenho reprovado, segundo rumores
Divulgação
VW ID.LIFE teve seu desenho reprovado, segundo rumores

Os modelos produzidos a partir da plataforma MEB Lite devem custar entre 20 e 25 mil Euros (R$ 108 mil – R$ 135 mil em uma conversão simples), mesma faixa de preço de Polo e T-Cross na Europa. Para efeito de comparação, o ID.3 parte de 43 mil Euros.

O Cupra UrbanRebel é o único conceito produzido na plataforma compacta. Mede 4.19 m de comprimento, 1.80 m de largura e 1.44 m de altura. Para efeito de comparação, essas dimensões são próximas as do  Polo vendido no Brasil.

O Grupo Volkswagen espera que esses modelos possam ser fabricados a partir de 2025, quando o conglomerado projeta que a tensão entre Rússia e Ucrânia, a pandemia de covid-19, e a crise dos chips semicondutores já terão sido resolvidas, e os preços de veículos podem ficar ainda mais em conta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários