Bicicleta elétrica pode rodar até 128 km com carga e alcança os 52 km/h
Divulgação
Bicicleta elétrica pode rodar até 128 km com carga e alcança os 52 km/h

O setor de mobilidade elétrica cresce rapidamente ao redor do mundo, e enquanto Carros elétricos ainda são opções muito caras, o segmento de Veículos elétricos leves aumenta sua participação nos mercados graças à Scooters, bicicletas elétricas e ciclomotores.

Uma empresa de Hong Kong chamada C3STROM busca abrir caminhos no setor de bicicletas elétricas com seu novo produto, chamado de Astro.

Além de trazer um desenho moderno inspirado em motocicletas , o modelo conta com um quadro de linhas retilíneas, farol retangular e rodas grandes com pneu de perfil alto, dando um ar de mini motocicleta para a e-bike .

O quadro é construído a partir da posição da bateria , fazendo que ela fique integrada à estrutura. Posicionada abaixo da linha horizontal do quadro, a bateria é disponibilizada em duas opções: 780 wH no modelo de entrada e 1040 wH na versão Pro , que segundo a fabricante, é capaz de 96 a 128 km de autonomia, dependendo das baterias escolhidas.

O motor da Astro é integrado ao cubo da roda traseira e poderá gerar 750 W (1 cv) e 8 kgfm de torque. O modelo contará com dois modos de condução , o C3 e o Off-Road. No modo C3 a velocidade da bicicleta será limitada a 45 km/h enquanto no modo fora de estrada será oferecido mais performance, e a velocidade da e-bike poderá chegar aos 52 km/h.

Para reduzir essa velocidade, a Astro possui garfo telescópico na dianteira, com as duas rodas equipadas com freios hidráulicos a disco , a roda traseira não possui nenhum sistema de redução de impacto, mas conta com o câmbio de 7 marchas fornecido pela Shimano.

O modelo elétrico deve estar disponível no mercado europeu e norte-americano no segundo semestre do ano, e apenas nas cores prata e cinza escurecida. O modelo básico chegará às lojas por US$ 1,699 e o modelo PRO por US$ 1,899 (R$ 8.711,45 e R$ 9.736,93, respectivamente, numa conversão simples).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários