Fábrica de baterias da VW terá sede em  Salzgitter (Alemanha)  e vai ser a primeira da marca alemã  na Europa
Divulgação
Fábrica de baterias da VW terá sede em Salzgitter (Alemanha) e vai ser a primeira da marca alemã na Europa

As fabricantes automotivas, cada vez mais pressionadas pelas autoridades ambientais européias a ofertar carros elétricos, estão se movimentando para serem autossuficientes na produção de baterias para seus carros elétricos.

A mais nova fábrica de baterias será a do Grupo Volkswagen , que terá sede em Salzgitter, e servirá como modelo para as fábricas de baterias por toda a Europa, com padronagem de fabricação para otimizar custos e velocidade de operação.

Além disso, a fábrica utilizará energia 100% renovável e poderão ser rapidamente expandidas caso a demanda se faça necessária. A expectativa da Volkswagen é produzir baterias suficientes para equipar meio milhão de veículos por ano. 

A fábrica será a primeira das seis que a VW planeja construir na Europa. Somadas a capacidade total será de 240 GWh de baterias por ano, suficiente para equipar 3 milhões de carros. A próxima fábrica ficará localizada em Valência, na Espanha.

Além da nova estrutura, a Volkswagen criou uma subsidiária chamada “PowerCo”, que ficará encarregada não só pela fábrica, mas também de toda a cadeia energética do Grupo Volkswagen.

VW ID.3
Divulgação
VW ID.3

A nova empresa, junto com outros parceiros, irá injetar € 20 bilhões (R$ 107 bilhões) no desenvolvimento do negócio de baterias elétricas até 2030.

“O setor de células de baterias é crucial para a nova estratégia da Volkswagen, e acreditamos que nos fará líderes em prover a mobilidade sustentável do amanhã.” Afirmou Herbert Diess, CEO da Volkswagen.

Thomas Schmall, chefe de tecnologia da Volkswagen e Presidente da PowerCo revelou os planos ousados na nova fabricante.

“A PowerCo será um player global no setor de baterias elétricas. No futuro, poderemos realizar todas as atividades relevantes nas nossas próprias instalações, o que nos dará vantagem competitiva na corrida pela mobilidade elétrica .”

Além do Grupo Volkswagen , a Stellantis também está bem ativa em buscar soluções para se tornar independente na fabricação de baterias elétricas e já prepara fábricas no Canadá atender para suas marcas na América do Norte, e firma parcerias até com empresas químicas, para que não falte matéria prima.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários